João Pessoa
Feed de Notícias

Fundac e Coren-PB reabrem setor de saúde do Centro Educacional de Jovem

terça-feira, 16 de julho de 2013 - 17:07 - Fotos:  José Lins / Secom-PB

O setor de enfermagem do Centro de Educacional de Jovem (CEJ) foi reaberto na manhã desta terça-feira (16), como resultado de uma parceria entre a Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) e o Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba (Coren-PB).

A unidade de saúde do Centro Educacional de Jovem foi interditado pelo Coren-PB desde novembro de 2012. Durante esse período, a Fundac e gestores responsáveis pela unidade realizaram uma série de melhorias do serviço, desde a contratação de pessoal à aquisição de equipamentos, a fim de otimizar o funcionamento, dentro dos padrões éticos e científicos.

Segundo a gerente do setor de fiscalização do Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba, Graziela Pontes, durante a fiscalização, verificou-se que a instituição realizou melhorias da estrutura física e providenciou material, equipamento e suprimento para possibilitar a execução das atividades de enfermagem.

“Estamos muito felizes com a desinterdição do setor de enfermagem do CEJ em virtude da importância desse serviço para os jovens que possuem apenas este serviço básico de saúde. Nosso papel, agora, é o de fiscalização e monitoramento do setor”, afirmou Graziela Pontes.

O Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba designou ainda a enfermeira Janayna de Oliveira, responsável técnica da unidade pela desinterdição do setor de enfermagem, para coordenar as atividades de saúde no CEJ daqui para frente. “Para mim, isso representa a conquista de uma luta da equipe de enfermagem e de todos que fazem parte da Fundac junto ao Conselho Regional de Enfermagem da Paraíba”, disse Janayna de Oliveira.

Para presidente da Fundac, Sandra Marrocos, o ato é mais uma efetivação de direitos dos jovens e adolescentes que estão privados de liberdade internos no CEJ. “Estou muito feliz por mais esta conquista. Isso já estava para acontecer e o esforço da equipe da Fundação em parceria com o Coren-PB tornou esse desejo uma realidade. Espero que o diálogo e a parceria com o Conselho seja uma constante no cotidiano dos trabalhos desenvolvidos nas unidades de internação da fundação”, comentou.