Fale Conosco

22 de março de 2018

Fundac conclui primeira turma do curso de práticas técnicas em socioeducação



curso fundac 6 270x202 - Fundac conclui primeira turma do curso de práticas técnicas em socioeducaçãoA primeira turma a concluir o Curso de Práticas Técnicas em Socioeducação, promovido pela Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” – Fundac, encerrou as atividades, nesta terça-feira (20), na Escola de Serviço Público do Estado da Paraíba – Espep. A formação, voltada para toda a comunidade socioeducativa, contou com a participação de 40 técnicos que, desde o último dia 12, cumpriram carga horária de 56 horas e discutiram melhorias na qualidade do atendimento socioeducativo para jovens e adolescentes em cumprimento de medidas.

“O Curso de Práticas Técnicas em Socioeducação busca o aperfeiçoamento das técnicas e a discussão sobre a padronização e unificação dos instrumentais técnicos usados em todas as unidades. As disciplinas ministradas durante a formação estão voltadas para o projeto político pedagógico – PPP, regimento interno – RI, construção e elaboração de pareceres, laudos e relatórios psicossociais, e o plano individual de atendimento – PIA”, explicou Érica Renata, coordenadora do eixo Suporte Institucional e Pedagógico.

“A formação está voltada para toda a comunidade socioeducativa: assistentes sociais, psicólogos, pedagogos, equipe de saúde, supervisores dos agentes socioeducativos, diretores, vice-diretores, coordenadores técnicos e auxiliares administrativos”, acrescentou Érica Renata.

A perspectiva da diretoria técnica da Fundac, com o Curso de Práticas Técnicas em Socioeducação é capacitar 80 profissionais que trabalham nas unidades socioeducativas de João Pessoa, 30 em Sousa e 30 em Lagoa Seca. A próxima turma iniciará dia 27, e contemplará os funcionários do Lar do Garoto e Abrigo Provisório. Posteriormente será a vez dos que fazem a socioeducação no CEA, em Sousa.

“A formação busca fortalecer esse momento, visto que todas as renovações que estão sendo feitas pela diretoria técnica da Fundac, em prol de regulamentar todos os instrumentos técnico-pedagógicos subsidiando todas as equipes técnicas das unidades, têm como objetivo ofertar um melhor acompanhamento das medidas em meio fechado”, disse Érica Renata, coordenadora do eixo Suporte Institucional e Pedagógico.

“A diretoria técnica pretende aprimorar a atuação de profissionais que atuam na socioeducação e desenvolver um processo contínuo de formação, em que o maior produto da formação será a atualização dos instrumentos de gestão, que são: projeto político pedagógico, regimento interno, relatório de avaliação da medida socioeducativa, parecer social e parecer psicológico, entre outros”, disse Waleska Ramalho, diretora técnica interina da Fundac.