Fale Conosco

8 de agosto de 2013

Fundac capacita oficineiros para atendimento socioeducativo nas unidades



Durante toda esta quinta-feira (8), a Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente “Alice de Almeida” (Fundac) reúne todos os oficineiros que realizam atividades socioeducativas dentro das unidades de ressocialização do Estado, no Sindicato do Poder Legislativo (Sinpol), para capacitação e interação.

A atividade, proposta pela atual gestão da Fundação, é fruto de uma reestruturação e ampliação das oficinas ministradas durante o cumprimento de medidas socioeducativas. O evento reúne os diretores das unidades e 20 oficineiros que estarão realizando atividades dentro das unidades do Estado durante os próximos seis meses.

Com a nova estrutura das atividades socioeducativas dentro das unidades, os jovens e adolescentes que cumprem medidas terão a oportunidade de realizar atividades ocupacionais durante as oficinas de Arte e Mosaico, Música, Esportes, Artes Visuais, Marcenaria, Flauta, Violão, Produtos de Limpeza, Percussão, Marchetaria, Rap, Teatro, Raciocínio Lógico, Violão.

Além das atividades permanentes da Fundação, a parceria com a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), realizará o projeto “Juventude: Praticando Arte e Esporte na Medida”, que incluirá oficinas que discutirão temáticas sobre Redução de Danos, Protagonismo Juvenil, Extermínio da Juventude Negra, Sexualidade e Família.

A presidente da Fundação, Sandra Marrocos, avalia o Encontro como um momento único de construção coletiva. “O evento busca planejar de forma sistemática, em parceria com a Sejel e oficineiros das unidades de internação da Fundac, todo o trabalho que será desenvolvido, tendo sempre como eixo norteador o processo de ressocialização dos jovens e adolescentes”, concluiu.

A coordenadora do eixo Cultura, Esporte e Lazer da Fundac, Solange Gualberto, ressaltou a importância do encontro com os oficineiros na medida em que vem integrar os novos contratados no processo ressocializador dos adolescentes e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas. “O evento proporciona uma análise da conjuntura sobre o trabalho realizado pelas oficinais ocupacionais de cunho pedagógico e planejamento das ações.”, explicou.

Além das atividades permanentes da Fundação, a parceria com a Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), realizará o projeto “Juventude: Praticando Arte e Esporte na Medida”, que incluirá gincanas, torneios de futebol e oficinas que discutirão temáticas sobre Drogas/Redução de Danos, Protagonismo Juvenil, Extermínio da Juventude Negra, Sexualidade e Família.