João Pessoa
Feed de Notícias

Fundac abre I Jogos Escolares para socioeducandos do Lar do Garoto

sexta-feira, 17 de novembro de 2017 - 17:39 - Fotos:  Divulgação

Na Socioeducação o Campeão é Você foi o tema escolhido pela Escola Cidadã Integral do Lar do Garoto para o I Jogos Escolares da história da socioeducação do Estado da Paraíba. As atividades, nas modalidades vôlei de areia, futebol, futsal e xadrez, começaram nesta sexta-feira (17) e se prolongam até segunda-feira (20), na unidade socioeducativa da Fundação Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), em Lagoa Seca, e contarão com a participação de todos os adolescentes que cumprem medidas no Lar do Garoto.

A abertura do I Jogos Escolares do Lar Garoto aconteceu nessa quinta-feira (16) e foi um momento marcado pela alegria e emoção para todos os presentes à solenidade. Na ocasião, os socioeducandos desfilaram com banner da Escola, bandeiras do Brasil e da Paraíba e equipamentos esportivos, e no decorrer da abertura, prestaram homenagens à direção do Lar do Garoto, aos professores da Escola Cidadã Integral, e aos demais técnicos e funcionários que fazem a socioeducação na unidade.

Segundo Luzivone Lopes, coordenadora pedagógica do Lar do Garoto, a prática esportiva, como instrumento educacional, visa o desenvolvimento humano e capacita o socioeducandos, além de desenvolver suas competências sociais e comunicativas, essenciais para o seu processo de desenvolvimento individual e social. “O principal objetivo dos Jogos Escolares é motivar os socioeducandos à prática da educação física; estimular o estudo dos conteúdos como instrumento de inclusão social; contribuir na formação integral do estudante como ser social e participante e despertar a criatividade e a valorização do espírito esportivo”, disse Luzivone na abertura da solenidade.

O presidente da Fundac, Noaldo Meireles, iniciou sua fala cumprimentando a mesa, direção, técnicos, agentes, socioeducandos e professores da Escola Cidadã Integral do Lar do Garoto e parabenizou a todos os envolvidos nos I Jogos Escolares da Fundac. “A importância desse tipo de atividade para quem vive a socioeducação no Estado da Paraíba, além da integração é a demonstração de que é possível fazer diferente. O nosso maior objetivo é que vocês possam realizar, cada vez mais, atividades dentro da unidade e fiquem o mínimo de tempo possível dentro dos quartos”, disse Noaldo.

Luiz Antônio Sousa, diretor do Lar do Garoto, costuma dizer que se emociona em todo discurso que faz dentro da unidade. Durante a solenidade, ele desabafou que estava literalmente vivenciando isso. “Eu carrego sempre comigo duas palavras: gratidão e felicidade. Gratidão por ver esses jovens comprando essa ideia de socioeducação e felicidade por vê-los se confraternizando com professores, agentes e autoridades aqui presentes. Hoje é um dia extremamente feliz para mim, um dia de vitórias, um dia de gratidão. Aproveitem essa oportunidade, se empenhem e estudem”, disse o diretor, agradecendo ainda o empenho e dedicação de Luzivone Lopes e dos professores do Lar do Garoto.

Durante a abertura dos Jogos Escolares, o juiz titular da Vara da Infância e Juventude de Campina Grande, Algacyr Negromonte, falou um pouco da satisfação e alegria, enquanto profissional de Direito, de testemunhar uma verdadeira revolução na política socioeducativa da Paraíba. “É emocionante presenciar uma solenidade desta e ver a esperança brotar nos olhos dos adolescentes e a perspectiva de dias melhores graças ao trabalho abnegado dos professores, de Dr. Noaldo e de todos que integram essa equipe do Lar do Garoto. Que essa passagem pela socioeducação seja a grande oportunidade de suas vidas no sentido de que vocês saiam daqui melhores do que entraram com cursos profissionalizantes e de volta à escola. E que vocês possam tomar como exemplo os colegas que já saíram daqui e estão trabalhando ou em faculdades”, disse o juiz.

CERTIFICAÇÃO – Ainda durante a solenidade de abertura dos Jogos Escolares, os socioeducandos que concluíram o curso de instalador hidrossanitário, ministrado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial – Senai/PB, por meio da parceria entre a Fundac e o Ministério Público do Trabalho em Campina Grande, receberam a certificação das mãos do procurador do Lar do Garoto, Alysson Filgueiras, responsável pela conquista da parceria com o órgão.

 

Para Alysson, quando se tem vontade, o resto se consegue com esforço e transpiração. “A revolução do jovem se chama estudo, só se vence pelo estudo. Que vocês tenham a certeza que esta equipe que hoje faz o Lar do Garoto vai buscar sempre o melhor para vocês”, disse Alysson anunciando ainda que buscará mais parcerias e pactuação de mais cursos profissionalizantes para os socioeducandos do Lar do Garoto.

 

“Eu só tenho a agradecer primeiramente a Deus e segundo aos diretores da unidade. A casa melhorou de 10 para 100 por cento, só tenho a agradecer o apoio que vocês têm dado a mim aqui dentro. Obrigado a todos vocês que me deram forças para estar aqui neste momento. Tudo tem seu tempo e sua hora e cada um de nós irá sair daqui. Obrigado pela oportunidade”, disse o socioeducando K.A.

Francisco, também socioeducando da unidade, agradeceu à pedagoga Luzivone e à direção do Lar do Garoto pela oportunidade de estar ali e pela chance de fazer um curso profissionalizante. “Agora eu sou um homem de vida e um profissional. Agora é erguer a cabeça e seguir em frente”, concluiu Francisco.

Já o socioeducando J.A, agradeceu a Deus por estar vivo e pela oportunidade de poder mudar de vida. “Gostaria também de agradecer a todos os professores que têm me ajudado não só dentro da sala de aula, a Luzivone que me inscreveu no Enem e me ajudou na conclusão de dois cursos profissionalizantes e ao diretor Luiz Antônio, que se não fosse por ele, não teríamos a oportunidade de estar aqui”, disse.

Ao fim da solenidade, com a frase: “A Educação Liberta”, o diretor do Lar do Garoto emocionou a todos os presentes com a entrega da desinternação de um adolescente, junto ao seu certificado de conclusão do curso profissionalizante de operador de computador, também ministrado pelo Senai, por meio da parceria com o MPT. Momento que contagiou todos os socioeducandos e autoridades presentes no evento.

Aproveitando o clima de alegria e felicidade, o coordenador do eixo Esporte, Cultura e Lazer da Fundac, Nilton Santos, abriu oficialmente os I Jogos Escolares do Lar do Garoto. “Foi uma tarde de emoção e esperança. A escola motivada. Enxergamos nos olhos dos estudantes um brilho de dignidade. Nada de mãos atrás das costas nem olhar voltado para o chão.  Os internos olhavam com agradecimento nos olhos de seus professores e equipe técnica.  Abraçavam os diretores e agentes e agradeciam publicamente a oportunidade oferecida. Nos discursos dos estudantes conseguimos enxergar e sentir que o projeto de vida está incluso em todos os momentos da vida escolar e na internação. Por várias vezes me segurei para não chorar”, disse Nilton.

A abertura dos I Jogos Escolares do Lar do Garoto contou ainda com a participação do grupo musical formado por socioeducandos da unidade e com a presença de Josenberg Pereira (vice-diretor da unidade); Klércio Lima Véras (coordenador do Centro de Inovação e Tecnologia Industrial – Senai-PB); Anderson Almeida (diretor da Casa da Cidadania), Sandra Burity (diretora administrativa da Fundac), Débora Raquel (coordenadora do eixo Família) e de todos agentes, professores, técnicos e funcionários do Lar do Garoto.