Fale Conosco

19 de março de 2012

Funad realiza evento para lembrar o Dia da Síndrome de Down



A próxima quarta-feira (21) é o Dia da Síndrome de Down. Por isso, o Governo do Estado, por meio da Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência, preparou uma vasta programação, que vai se estender até o dia 24. Pela programação, haverá palestras, exibição de filme e mesas redondas, com o objetivo de  desmistificar algumas concepções em relação às condições de vida de pessoa com Síndrome de Down e de mostrar que podemos viver em uma sociedade inclusiva.

O evento será aberto pela presidente da Funad, Simone Jordão, e os usuários terão participação efetiva. Na quarta, às 9h, eles participam de um desfile de moda na sede da Fundação. O evento terá o apoio de diversas empresas privadas e está sendo organizado pela Coordenadoria de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual (Codam). Por meio de estratégias  que visam a habilitação e reabilitação, a Codam desenvolve ações que buscam resgatar a cidadania das pessoas com Síndrome de Down, difundindo novos paradigmas e apoiando suas famílias.

À tarde, será a vez da palestra, realizada no auditório Jimmy Queiroga, da Funad. Os mitos e verdades sobre a síndrome serão abordados por Simone Jordão, com a participação da neuropediatra Ana Moema Pereira da Nóbrega. Na quinta-feira (22), o tema abordado será “Cardiopatia e Obesidade: desafios que precisam ser vencidos”. Também será exibido o filme “Do Luto à Luta”, de Evaldo Moscarzel, que focaliza as deficiências, mas também as potencialidades da Síndrome de Down, mostrando que, apesar de ser um problema, as soluções são mais simples do que se imagina, sobretudo quando se deixa de lado o preconceito.  Na sexta-feira (23), às 19h, outra palestra vai marcar o encerramento da programação, promovida pela Ame Down, uma associação formada por pais  de pessoas com Down.

O que é a Síndrome de Down – A Síndrome de Down é uma condição genética caracterizada pela presença de um cromossomo a mais nas células da pessoa, e por isso, também chamada de Trissomia do Cromossomo 21. É um acidente genético que ocorre, geralmente, ao acaso, durante a  divisão celular do embrião, e sua causa até hoje, desconhecida. A  síndrome é essencialmente, um atraso global do desenvolvimento motor e mental da pessoa. Se bem estimulada, a criança poderá alcançar bons níveis de coordenação motora, fala, escrita e desenvolvimento social. Entre as características, estão hipotonia muscular, língua protusa, prega palmar única e olho amendoado com prega epicântica.