João Pessoa
Feed de Notícias

Funad lembra Dia da Síndrome de Down com desfile, filme e palestra

quarta-feira, 21 de março de 2012 - 15:56 - Fotos:  Kleide Teixeira

A Fundação Centro Integrado de Apoio a Pessoa com Deficiência (Funad) abriu na manhã desta quarta-feira (21), o I Seminário de Síndrome de Down. O início foi marcado por um desfile de moda, o Down Fashion, idealizado pela Coordenadoria de Atendimento à Pessoa com Deficiência Intelectual (Codam) na instituição. Na passarela, 35 crianças e adolescentes especiais encantaram a plateia. A data de início do evento coincide com o Dia Internacional da Síndrome de Down.

O Down Fashion aconteceu no pátio da Funad, em João Pessoa, reunindo parentes e amigos das crianças e adolescentes, além dos reabilitadores da Fundação. De acordo com a coordenadora da Codam, Hellen Cavalcanti, o evento tem como objetivo principal desmistificar algumas concepções em relação às condições de vida da pessoa com Síndrome de Down. “Buscamos, por meio do desfile, mostrar que uma pessoa especial tem vida própria e deve estar inserida no contexto social”, disse. Nove lojas parceiras cederam peças de roupas para que as crianças e adolescentes as vestissem no desfile: Vagalume, Tob Lu, G Bella, Karmélia, Pivete, Schox, Tiffy Kids, Cia. Mágica e Fábrica dos Sonhos.

Um dos modelos foi o pequeno Arthur Henrique, de 9 anos. Para a mãe dele, a dona de casa Maria do Socorro Batista da Silva, a ideia do Down Fashion foi maravilhosa. “O Arthur adora posar para foto. Ele é bem vaidoso. Tenho muito orgulho dele e um evento como esse é muito importante para mim, pois fico realizada ao ver o meu filho feliz como ele está”, comentou.

Foto: Kleide Teixeira/Secom-PB

Atualmente, a Funad atende a 280 usuários com a síndrome, que participam de atividades de artes, cultura, esportes, fisioterapia, entre outras. Para a presidente da Fundação, Simone Jordão, iniciativas como o desfile, entre tantos benefícios, trabalham a autoestima da pessoa com Down. “Tem gente que acha que as pessoas com Down são doentes. Aqui, mostramos que elas têm apenas características especiais. Isso dá visibilidade à causa, promove a satisfação pessoal e a inclusão social delas”.

O vice-governador do Estado, Rômulo Gouveia, esteve presente na solenidade, e destacou a necessidade de promover a inclusão social das pessoas com Down. “Devemos continuar trabalhando para qualificar cada vez mais os profissionais que atuam na reabilitação dessas pessoas, para que, por meio do empenho deles, elas se desenvolvam, mostrando que têm potencial para muita coisa”.

Seminário – O evento segue na tarde desta quarta-feira, nas instalações da Funad, com uma mesa-redonda com a temática “Mitos e verdades sobre a Síndrome de Down”. Simone Jordão e a neuropediatra Ana Moema Pereira da Nóbrega serão as palestrantes. Já nesta quinta-feira (22), às 8h30, acontecerá apresentação artística de dança do Núcleo de Vivência e Artes, da própria Funad.

Às 9h, será realizada mais uma mesa-redonda, dessa vez tratando a temática da “Cardiopatia e obesidade: desafio que precisam ser vencidos”. À tarde, a partir das 13h30, acontecerá a exibição do filme “Do luto à luta”, seguido pela mesa-redonda “Os benefícios da estimulação precoce”. A programação segue no sábado, quando a Associação Ame-Down vai promover um debate com professores sobre educação e inclusão social.