Fale Conosco

1 de novembro de 2011

Funad encerra Jogos Paraibanos para Pessoas com Deficiência



Foram encerrados, na manhã desta terça-feira (1º), os 21º Jogos Paraibanos para Pessoas com Deficiência, promovidos pela Fundação Centro Integrado de Apoio ao Portador de Deficiência (Funad). No encerramento, a fundação sediou a competição final na modalidade bocha, quando foram disputados os 1º, 2º e 3º lugares, com a participação de 27 atletas cadeirantes da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de João Pessoa, da Associação de Criatividade Artística e Desportiva de Deficientes da Paraíba (Arcadd) e da Funad.

A modalidade bocha é dividida em quatro categorias, de acordo com a classificação funcional dos participantes. Na categoria BC1, os vencedores foram: 1º lugar, Welton (Acardd); 2º, Regina (Apae-JP), e 3º, Marcos Paulo (Funad).

Na BC2, a atleta Adriana (Apae-JP) ficou em 1º lugar; Davide (Acardd), em 2º, e Daniela (Apae-JP), em 3º.  Na categoria BC3, Ruth (Acardd) levou o 1º, Itamara (Apae-JP) o 2º, e Demetrius (Acardd) o 3º lugar.  E na BC4, os vencedores foram Marilurdes (Acardd), em 1º; Mironaldo (Apae-JP), 2º, e Leonardo (Funad), em 3º lugar.

A reabilitadora do Núcleo de Educação e Desportos da Funad e técnica da modalidade de bocha adaptada, Ana Maria Meireles, disse que os jogos são fundamentais no desenvolvimento de atividades motoras de crianças e jovens com paralisia cerebral ou doenças degenerativas.

Bocha – O esporte é jogado entre duas pessoas ou duas equipes, sendo quatro bochas (bolas) para cada equipe, ou seja, duas para cada jogador. A competição consiste em lançar bochas e situá-las o mais perto possível de um bolim (bola pequena), previamente lançado. Já o adversário tentará situar as suas bolas mais perto ainda do bolim, ou “remover” as bolas dos seus oponentes.

Os jogos – As competições tiveram início na última quarta-feira (26), em João Pessoa. Além da bocha, os atletas também competiram em futsal, tênis de mesa, atletismo, arremesso de pelota e de peso, salto em distância, lançamento de dardo e de disco e natação.

As provas foram realizadas na Vila Olímpica Ronaldo Marinho (antigo Dede), na Escola Estadual Sesquicentenário e na própria Funad, reunindo mais de 600 atletas de todo o Estado, com a participação de 50 organizadores entre técnicos, árbitros e estagiários do curso de Educação Física do Unipê.

Participantes do evento:

- Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de João Pessoa e de Santa Rita

- Escola Estadual Especial (Edesp)

- Pestalozzi

- Centro de Atividades Especiais (Caes) de Bayeux

- Centro de Atividades Especiais Helena Holanda (CAEHH)

- Escola Especial Ana Paula Ribeiro B. Lira

- Associação de Surdos de Bayeux

- Associação de Surdo de Cabedelo (Aeps)

- Associação de Surdos João Pessoa (ASJP)

- Fraternidade Cristã de Doentes e Deficientes (FCD) de Campina Grande, Guarabira e Pocinhos

- Associação Comunitária de Amparo aos Deficientes Físicos (Acadefi)

- Associação Paraibana dos Deficientes Visuais (Apadevi)

- Associação Paraibana de Cegos (Apace)

- Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICP)

- Associação de Criatividade Artística e Desportiva de Deficientes da Paraíba (Arcadd)

- Núcleo de Educação e Desporto da Funad (Ned)