João Pessoa
Feed de Notícias

Fotografia de coronel Chaves passa a integrar galeria de ex-secretários

terça-feira, 11 de novembro de 2014 - 16:06 - Fotos: 

A solenidade de aposição da fotografia do coronel Fernando Antônio Soares Chaves na galeria dos ex-secretários estaduais aconteceu na manhã desta terça-feira (11). A cerimônia em homenagem ao ex-chefe da Casa Militar, falecido este ano em acidente de automóvel, foi realizada no Salão Nobre do Palácio da Redenção, sede do Governo do Estado, no Centro de João Pessoa. Na ocasião, estavam presentes várias autoridades.

O comandante geral da Polícia Militar da Paraíba, coronel Euller Chaves, que representou o governador Ricardo Coutinho na cerimônia, ressaltou que o ex-chefe da Casa Militar prestou serviços relevantes à sociedade paraibana. “A saudade do nosso eterno coronel Chaves representa uma ausência sem igual. A marca, com sua foto na galeria, servirá de lembrança a quem o conheceu. Aqueles que não conheceram o coronel Chaves saberá quem ele foi”, comentou.

A viúva do homenageado, Maria Tereza Chaves, agradeceu o gesto do Governo do Estado e destacou o lado humano do marido, característica presente tanto na vida pessoal como na profissional. “Por três anos e oito meses, ouvia-se os passos apressados, o vozeirão, risos que saíam do humano militar coronel Chaves. Porém, quando ele via ou ouvia alguém precisar dos seus préstimos, sempre era gigante em sua solicitude generosa, na ajuda fraterna ao próximo. Isso era peculiar ao seu perfil”, recordou.

Além do comandante geral e da viúva, um dos filhos do ex-secretário, Ícaro Chaves, esteve presente na solenidade. O Salão Nobre também reuniu várias autoridades civis e militares que prestigiaram a homenagem. Entre elas estava o secretário chefe interino da Casa Militar, tenente coronel Elias da Costa Neto; o secretário da Casa Civil, Fábio Tayrone; comandantes e subcomandantes; e a promotora de Justiça, Adriana França.

Serviços relevantes – O coronel Chaves era bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), com doutorado em Direito Civil, pela Universidade Ciências Sociais (Uces), da Argentina.

Além de ter sido comandante de vários batalhões da PM, serviu também a órgãos como o Ministério Público da Paraíba, onde exerceu a função de chefe da Assessoria Militar da Procuradoria de Justiça. Entre as ações que realizou durante sua gestão à frente da Casa Militar do Governador, o destaque foi a aquisição de três aeronaves e um helicóptero.

Ainda como chefe da Casa Civil, coronel Chaves implantou a Operação Uso Legal e promoveu cursos, seminários e palestras em batalhões e no Centro de Ensino da PM. Ele também fechou parcerias importantes entre as quais com o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado da Paraíba (DER), resultando em ações de melhoria nas pistas de pouso dos aeródromos de Catolé do Rocha, Sousa, Monteiro e Cajazeiras.

Tragédia – O acidente que vitimou, precocemente, o coronel Chaves aconteceu no início da madrugada de 27 de agosto deste ano, no trecho entre a cidade de Patos e o distrito de Santa Gertrudes, região localizada no Sertão paraibano. Na ocasião, o militar estava com 49 anos de idade, em pleno desempenho de suas funções como secretário executivo chefe da Casa Militar do Governador. Em decorrência da tragédia, o Governo do Estado decretou luto oficial de três dias.