João Pessoa
Feed de Notícias

Fórum terá carta de responsabilidade para a redução da mortalidade materna no Estado

quarta-feira, 9 de junho de 2010 - 08:50 - Fotos: 

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza, nesta quinta-feira (10), das 8h às 18h, o Fórum Estadual sobre Atenção Humanizada Materna e Neonatal, no Hotel Faraó, no Cabo Branco, em João Pessoa. O evento visa avaliar as mortes de gestantes e crianças menores de um ano de idade, na Paraíba. O Ministério Público do Estado vai participar do Fórum para formalizar uma carta de responsabilidade para a redução de mortalidade materna nos municípios paraibanos. Nos últimos cinco anos, segundo dados da SES, morreram durante a gestação ou em até 42 dias após o término da gravidez, 109 paraibanas.

Para a gerente executiva de Ações Programáticas e Estratégicas (Geape/SES), Juliana Soares, o Fórum tem o objetivo de obter informações sobre as ações do pacto nos municípios, com foco no eixo da atenção, desde o pré-natal, parto, puerpério e ao recém-nascido.

Hoje, as principais causas de morte durante a gestação e logo depois que a criança nasce são: infecção materna no momento do parto, antes e depois, além de hemorragia, evoluindo com choque hemorrágico. “A doença hipertensiva específica da gravidez é a mais frequente e pode levar à falência de múltiplos órgãos. O pior é que cerca de 90% desse tipo de mortes poderiam ter sido evitadas”, explicou Juliana Soares.

Municípios convidados – Foram convidados a participar do Fórum, representantes de 21 municípios paraibanos onde existem mais ocorrências de morte materna e neonatal. São eles: Alhandra, Bayeux, Cabedelo, Guarabira, Itabaiana, João Pessoa, Mamanguape, Santa Rita, Sapé, Alagoa Grande, Areia, Campina Grande, Esperança, Juazeirinho, Monteiro, Queimadas, Taperoá, Patos, Princesa Isabel, Cajazeiras e Sousa. Também participam do evento membros dos Comitês de Mortalidade Materna.  

Programação – Para o início do evento está programada uma palestra com um representante do ‘Movimento Nós Podemos Paraíba’, que vai falar sobre a problemática da mortalidade materna e infantil. Na ocasião, também será apresentado o Pacto pela Redução da Mortalidade Materna e Neonatal do Ministério da Saúde, com as ações estratégicas e a humanização da atenção à saúde perinatal.  No final do evento, será redigida uma carta de responsabilidade para a redução da mortalidade materna, com a presença do Ministério Público e os municípios que participarem do Fórum Estadual sobre Atenção Humanizada Materna e Neonatal. 

Da Assessoria de Imprensa da Saúde-SES-PB