João Pessoa
Feed de Notícias

Fórum Paraibano de Ouvidorias discute ampliação da rede no Estado

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016 - 18:11 - Fotos: 

O Fórum Paraibano de Ouvidorias Públicas e Privadas (Fopo) realizou nessa quinta-feira (1) sua última reunião de 2016. Na pauta das discussões foi colocada a criação e ampliação da rede de ouvidorias no Estado. O encontro foi na Sede Administrativa da Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa), em Jaguaribe, e reuniu cerca de 40 participantes.

Na ocasião, a ouvidora geral do Estado, Tânia Brito, destacou o empenho do Fopo em buscar promover a sensibilização dos gestores para a constituição de ouvidorias públicas em seus municípios. “Implantar um canal como esse fortalece a democracia participativa e traz benefícios tanto para o cidadão quanto para a gestão”, reforça. A ouvidora acrescentou que a Ouvidoria do Estado e a Rede de Ouvidorias, além de participarem do Fopo, também integram a rede nacional de ouvidorias públicas, por meio da OGU (Ouvidoria Geral da União).

Para Brito, os encontros promovidos mensalmente pelo Fórum, além de fortalecer a rede, pautam também políticas de ouvidoria pública e privada focadas em se trabalhar o que existe hoje, no Brasil, em termos de interlocução da participação popular e gestores.

De acordo com o ouvidor da Cagepa, Joacy Borba, o objetivo da reunião, que acontece a cada mês em uma das empresas participantes, é, por meio da troca de experiências, estreitar e fortalecer cada vez mais os laços entre as ouvidorias existentes no Estado. “Nesses encontros, discutimos temas de extrema relevância para o bom funcionamento das ouvidorias. O compartilhamento de vivências ajuda muito no aprimoramento do nosso trabalho”, disse o ouvidor, acrescentando que os encontros servem, inclusive, para capacitar novos ouvidores.

Borba informou ainda que, nesta última reunião do ano, a intenção do Fopo foi trazer para o debate a possibilidade de ampliar a rede de ouvidorias para os municípios que ainda não dispõem do serviço. “Avaliamos e aprovamos um documento que será enviado aos prefeitos e novos prefeitos paraibanos propondo a criação de ouvidorias nas suas cidades, isto por entender que o órgão, uma vez implantado, contribui de maneira significativa para os gestores”, disse.

Para a coordenadora adjunta do Fopo, Maria Gorete Rezende, aumentar o número de ouvidorias na Paraíba é uma das metas do Fórum que, segundo ela, a cada dia, vem tendo mais adesões. “Acreditamos que essas adesões são reflexos do sério trabalho que o Fopo vem desenvolvendo nesses cinco anos de existência. Sempre trocando experiências e entendendo que a ouvidoria é um instrumento para a gestão. Por meio dela, o gestor tem o retorno dos pontos positivos e negativos da sua administração, e isso auxilia na elaboração e implementação das políticas públicas para a cidade”, acredita.

Fórum Paraibano de Ouvidorias Públicas e Privadas - É um canal onde o cidadão pode, em uso de seus direitos, apresentar suas denúncias, reclamações, sugestões, elogios e informações.

CARTA ABERTA AOS GESTORES MUNICIPAIS (1)