Fale Conosco

4 de dezembro de 2012

Fórum discute gerenciamento de resíduos sólidos no Trauma de Campina Grande



A equipe de Gerenciamento de Resíduos Sólidos do Hospital de Trauma de Campina Grande realiza, nesta quarta-feira (5), o 1º Fórum sobre Utilização de Resíduos de Serviços de Saúde como Mecanismo de Inclusão Social e Sustentabilidade. O evento será realizado das 8h às 18h, no auditório da unidade de saúde. Toda programação pode ser acompanhada pela sociedade e profissionais da saúde.

De acordo com a enfermeira Iracema Sobreira, o Programa de Gerenciamento foi implantado há mais de um ano no Trauma de Campina Grande e apresenta resultados positivos na instituição. Além do trabalho de educação realizado pela equipe de gestão de resíduos para funcionários e acompanhantes dos pacientes, as cooperativas e catadores têm acesso ao material limpo. “Nós fazemos toda segregação com cuidado para que essas associações, que são nossas parceiras, possam utilizar os resíduos livres de contaminação e poluição para o meio ambiente”, afirmou.

Ainda de acordo com Iracema, o Trauma faz alternância com empresas de reciclagem. Inicialmente foi firmada uma parceria com a “Cata Mais”, e em seguida mais uma cooperativa e uma associação foram contempladas com a sociedade. “Por conta da legislação, deve ser feito um alternância com outras instituições que trabalham com resíduos. Como existem várias empresas em nossa cidade, isso está possibilitando uma rotatividade. Tudo isso por conta da grande quantidade de papelão, plásticos e recipientes que são disponibilizados no hospital”, declarou.

No inicio da implantação, a equipe passou por dificuldades para sensibilizar os profissionais, pois muita gente não entende a importância de realizar a segregação no ambiente hospitalar, interpretando que todo resíduo produzido seria contaminado. Segundo Sobreira, depois de um curto período os resultados apareceram. “Tivemos uma melhora significativa. Mostramos diariamente a importância do trabalho de cada um e em seguida a contribuição que podem dar às associações e cooperativas da cidade, além de manter um ambiente de trabalho limpo e destinando adequadamente o material que não será mais utilizado na instituição.”

O Gerenciamento de Resíduos no Trauma de Campina Grande foi pioneiro na rede hospitalar da Paraíba. Em mais de doze meses de trabalho, a satisfação é notória para o grupo responsável e para a direção do hospital que, desde o inicio, apóia o trabalho desenvolvido na unidade. “Nosso trabalho é realizado com muito compromisso. Nós analisamos isso com muito contentamento, principalmente porque as pessoas levam a mensagem e desenvolvem o trabalho com responsabilidade”, finalizou Iracema.

Programação – A solenidade de abertura do Fórum será às 8h. Em seguida será proferida a primeira palestra com a Drª Crislene Rodrigues de Morais que discute o tema Resíduos Vítreos-Utilização e Reciclagem. Logo após, será realizada a Mostra das Mulheres da Cavvi-habilidades manuais. Posteriormente, no intervalo, acontece a exposição dos resíduos vítreos.

A partir das 9h30, Drª Mércia Gaudêncio, trará o tema Sensibilização dos Profissionais Frente às Mudanças de Rotinas nas Instituições de Saúde. Finalizando a programação da manhã, Drª. Dagjane Frazão abordará a questão da Infecção Hospitalar Relacionada ao Descarte de Resíduos de Serviços de Saúde, a partir das 10h30.

No período da tarde, o Fórum será retomado, a partir das 14h. Joacil Cerqueira fala sobre a Importância do Programa de Gerenciamento de Resíduos em Ambiente Hospitalar. No intervalo, será exibida a exposição dos resíduos vítreos no dia. A última palestra do evento será abordada pelo doutorando João Paulo Campos de Souza com a Demonstração das Práticas Ergonômicas Para o Profissional de Enfermagem. Posteriormente acontece a mostra das funcionárias da instituição e o encerramento da programação.

A equipe de gerenciamento é formada pelas enfermeiras Geni Melo, Iracema Sobreira, o biólogo/enfermeiro Bruno Jacomelle e a técnica de Enfermagem/ eng. de produção  Janailma Patrícia.