João Pessoa
Feed de Notícias

Fórum de Moda em São Paulo tem como referência confecções artesanais produzidas na Paraíba

sexta-feira, 12 de agosto de 2016 - 16:03 - Fotos:  Secom PB

Aliar criatividade e produção artesanal à moda. Este é o objetivo do projeto “Moda PAP” – iniciativa pioneira no país que integra o Programa de Artesanato da Paraíba –, que foi apresentado em palestra pelo renomado estilista paraibano Romero Sousa, durante o Fórum de Moda São Paulo, na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC).

Com o tema “Inovação Artesanal”, Romero palestrou aos estilistas, estudantes de moda, acadêmicos, fotógrafos e personal stylist sobre o trabalho desenvolvido na Paraíba junto às artesãs, por meio de consultorias, projetos e capacitações, principalmente com as rendeiras do Cariri do Estado.

“Devido o meu percurso dentro da moda utilizando o artesanato paraibano como suporte, recebi o convite do Ministério da Cultura, onde falei sobre todo o processo criativo, as marcas que trabalhei, minhas vivências em algumas capitais do Nordeste e, principalmente, no interior da Paraíba. Tivemos muita aceitação em São Paulo e, desde então, muita gente tem entrado em contato comigo para saber como funciona essa ligação entre moda e artesanato, tradição e inovação que desenvolvemos”, explicou o coordenador do Moda PAP, Romero Sousa.

Novas exposições – Agora o núcleo do projeto se prepara para participar de um colóquio no Unipê voltado aos estudantes de moda com 32 looks da coleção de Fernanda Yamamoto. Além disso, paralelo a este evento está programado de 13 a 30 de setembro, no Centro Cultural São Francisco, uma exposição sobre história rendada das artesãs.

Sobre Romero Sousa – O coordenador do Moda PAP tem uma longa trajetória dentro do Programa de Artesanato da Paraíba (PAP), tendo acompanhado inúmeros projetos com os artesãos e estilistas de renomes nacionais e internacionais, como o workshop com Fernanda Yamamoto.

Durante alguns meses, ele acompanhou a estilista no Cariri paraibano, onde a apresentou inúmeras possibilidades de criação de peças para coleções, por meio de atividades de moulage, criação de novos pontos, sempre respeitando as dificuldades e limitações das rendeiras. O trabalho resultou na coleção Inverno 2016 que foi apresentada ao público no São Paulo Fashion Week (SPFW) com renda renascença produzidas pelas mãos das artesãs.

No ano passado, Romero participou da Première Vision e Maison D’exceptions, em Paris na França. Nesta edição, foi exposta a Coleção Cápsula que ele desenvolveu para a empresa paraibana Natural Cotton Collor, que tem como matéria-prima o genuíno algodão colorido.

A seleção foi rigorosa. Apenas grandes marcas tiveram acesso ao evento como a Chanel, Dior e outras. Ao retornar de Paris, ele promoveu um ciclo de palestras para as artesãs do Cariri para falar sobre as possibilidades de melhorias dos produtos com base na inspiração da região.

Moda PAP – O projeto tem como proposta qualificar, reconhecer, estimular e dar visibilidade à produção artesanal de moda com todas as tipologias, principalmente aos fios como o macramê, renda renascença, labirinto e crochê. A intenção é ampliar o número de consultorias criativas, exposições até mesmo a criação de um catálogo virtual para vender os produtos a estilistas e escolas de moda.

Ainda estiveram presentes no Fórum de Moda a responsável pela marca Fernanda Yamamoto, o modelista Fernando Jeon; representante da Pontífica Universidade Católica de São Paulo (PUC), do Setorial de Moda no Conselho Nacional de Política Cultural (CNPC) e do Ministério da Cultural (Minc).