Fale Conosco

31 de agosto de 2012

Fórum da Pessoa com Deficiência elege delegados para representar PB em etapa nacional



sedh forum de deficientes elegem representantes da paraiba (1)O Fórum Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, realizado nestas quinta e sexta-feira (30 e 31), no auditório do Ministério Público, elegeu 20 delegados que irão representar a Paraíba na etapa nacional que acontecerá no mês de dezembro, em Brasília. No evento promovido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano e a Fundação Centro Integrado de Apoio à Pessoa com Deficiência (Funad), os participantes elegeram 40 propostas, entre elas, a instituição de uma Secretaria Estadual da Pessoa com Deficiência.

Antes dessa etapa estadual, outros sete fóruns regionais foram realizados no Estado para contemplar todas as regiões da Paraíba. O secretário nacional de Promoção da Pessoa com Deficiência, Roberto John Gonçalves da Silva, falou sobre o Plano Vivem sem Limites do Governo Federal.  “Aqui temos as representações de todo o Estado da Paraíba que tiveram a oportunidade de propor ideias que vão contribuir para uma melhor política para as pessoas com deficiência. Eles também conheceram um pouco mais sobre o Plano Nacional Viver sem Limites, como poder ter acesso a este projeto que precisa da adesão do Estado e dos municípios”, afirmou.     

Desafios – Com a temática “Um olhar através da Convenção sobre os direitos da Pessoa com Deficiência da ONU: Novas perspectivas e desafios”, foram debatidos eixos como: educação, saúde, segurança, comunicação, acessibilidade, transporte, moradia, prevenção, reabilitação, órteses e próteses. Os participantes também discutiram o acesso à justiça, padrão de vida e proteção social.

A coordenadora estadual da política da pessoa com deficiência, Gabrielle Vasconcelos, frisou o compromisso que a Paraíba tem com a causa. “O Governo do Estado, além de realizar os fóruns da pessoa com deficiência, promover melhorias na própria Funad, entre outras ações, está tentando, junto com o Ministério do Desenvolvimento Social, implantar dois equipamentos em João Pessoa para atender as pessoas com deficiência: o Centro Dia e a Residência Inclusiva”, explicou.