João Pessoa
Feed de Notícias

Formação do Projeto Robótica Educacional acontece em João Pessoa e Campina Grande

sexta-feira, 12 de maio de 2017 - 18:07 - Fotos:  Sérgio Cavalcanti

O Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Educação,  deu continuidade esta semana à Formação do Projeto Robótica Educacional (PESC Robótica), voltada para gestores e professores de matemática da Rede Estadual de Ensino. A capacitação ocorreu nas cidades de João Pessoa e Campina Grande. Na terça-feira (9) e quarta (10) a formação foi realizada em Campina Grande. Nesta quinta (11) e sexta (12) a formação ocorreu em João Pessoa, no Centro de Formação de Educadores Professora Elisa Bezerra, em Mangabeira.

A formação foi realizada por meio de oficinas, contemplando os recursos tecnológicos distribuídos na escola e os conteúdos trabalhados nos materiais didáticos numa proposta interdisciplinar. Foi destacada a importância dos trabalhos práticos, atrelados à teoria como melhor forma de aprendizado dos professores, sanando dúvidas concernentes ao material didático. Em João Pessoa (1ª GRE), a formação contemplou 61 professores de 22 escolas. Já em Campina Grande (3ª GRE), participaram 130 professores de 26 escolas da Rede Estadual de Ensino.

“A formação objetiva capacitar os gestores e professores para o Programa de Robótica das escolas da 1ª e 3ª GREs, com alunos do 6º ao 9º ano. O Programa é um instrumento de mediação na medida em que possibilita o estabelecimento de novas relações para a construção do conhecimento e novas formas de atividade mental, nas quais os estudantes devem ser capazes de utilizar diferentes fontes de informação e recursos tecnológicos para adquirir e construir sua aprendizagem”, explicou a gerente de Educação Infantil e Ensino Fundamental da SEE, Marta de Medeiros.

Coleção do Livro Robótica PESC, utilizada no programa, tem por objetivo propor a investigação e compreensão dos conceitos por meio da resolução de problemas, pesquisas individuais e coletivas, jogos e arquivos de leituras que possam contribuir de diferentes formas para a reflexão e entendimento dos temas trabalhados.  Atividades que favorecem o exercício da escrita atrelado aos procedimentos do conhecimento científico, estimulando a oralidade e a argumentação, comunicação textual e enriquecimento da vivência digital dos alunos através do uso significativo da Tecnologia da Informação para registro, experiências e atividades diversas.

“Escolhemos adquirir a Coleção de Robótica PESC, pois ela traz consigo a filosofia de que os estudantes podem construir seus próprios conhecimentos utilizando-se de recursos tecnológicos, de maneira prática e lúdica, ou seja, de que eles possam “aprender fazendo”, ampliando seus conhecimentos e articulando as diferentes áreas do currículo”, explicou Marta de Medeiros.

A coleção dos estudantes contempla um passo a passo de montagem e um tutorial de programação básica para a construção e funcionamento dos robôs. Cada capítulo visa ao conhecimento de um componente específico e sempre supõe o conhecimento do anterior.

Robótica – Para os alunos, a robótica é uma excelente ferramenta para exercitar a criatividade, estudar e praticar conceitos relacionados a diferentes disciplinas, tais como: Geometria: análise das formas geométricas; Física: conceito de movimento uniformemente variado, força resultante, normal, atrito, aceleração, aceleração da gravidade, conceitos de massa, peso, velocidade, espaço e tempo; Matemática: cálculo do intervalo de tempo, deslocamento e velocidade, trigonometria; Português: elaboração de relatórios e discussão do projeto; Informática: uso de programas de computador e navegadores para Internet.

A Robótica na escola se destaca tanto por sua característica lúdica, como por permitir construir diferentes tipos de robôs ou equipamentos automatizados, dependendo do problema em questão e da criatividade dos alunos.

“Por tratar-se de uma área multidisciplinar, a robótica estimula os alunos a buscarem soluções que integram conceitos e aplicações de outras disciplinas envolvidas, como matemática, física, mecânica, eletrônica, design, informática, etc. O mundo hoje está em ritmo acelerado e transforma-se rapidamente. Logo o estudante precisa estar preparado para enfrentar desafios, ampliar horizontes e atuar no presente e no futuro com sucesso, e, mais, precisa estar qualificado para o mercado de trabalho. O profissional do novo milênio deverá contar com uma sólida base de conhecimento e, ao mesmo tempo, ser criativo para encontrar soluções para os desafios que surgem a cada dia. A robótica, neste sentido, explora essas diversas competências no aluno”, finalizou Marta de Medeiros.