João Pessoa
Feed de Notícias

Finalistas do Prêmio Luso-Brasileiro de Dramaturgia são destaques da programação

quarta-feira, 25 de novembro de 2009 - 15:18 - Fotos: 
O monólogo ‘Esparrela’ e o premiado espetáculo ‘Os Sete Mares de Antônio’, finalistas do Prêmio Luso-Brasileiro de Dramaturgia Antônio José da Silva, são os destaques da programação da noite desta quinta-feira (26) da 15ª Mostra Estadual de Teatro e Dança, que está sendo realizada no Teatro Santa Roza até o próximo sábado (28), com apresentação de espetáculos de várias cidades paraibanas, além de shows musicais, debates e oficinas. A entrada custa R$ 3 por noite.

A mostra, promovida pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), encerra a programação comemorativa aos 120 anos do Santa Roza, que está sendo desenvolvida desde o dia 3 deste mês, data de fundação do teatro.

Os vencedores serão conhecidos no sábado, último dia do evento, quando haverá a entrega dos prêmios, além dos espetáculos ‘Entre Quatro Paredes’, ‘Reflexo’, ‘Anima Sola’, ‘Pulsação’ e ‘O Circo da Natureza’. O encerramento terá ainda debates sobre os espetáculos da noite e show com ‘Trem das Onze’.

A atração nacional da mostra será o músico, cantor, ator e dançarino pernambucano Antônio Nóbrega, que fará show na sexta-feira (27), às 21h30, após a apresentação de dois espetáculos na Praça Pedro Américo, a entrega do prêmio ‘120 Anos do Teatro Santa Roza’ e exibição do documentário sobre a casa de espetáculos mais antiga de João Pessoa.

De acordo com a coordenadora de Artes Cênicas da Funesc, Fabíola Morais, as inscrições para as quatro oficinas que integram o evento superaram as expectativas e o número de vagas teve que ser ampliado. As oficinas ‘O Ator Narrador’, ministrada por Pedro Pires (SP) e ‘Investigação de movimento em dança’, com Rita Aquino (BA), se encerram nesta quarta-feira.

Na sexta-feira, sábado e domingo, pela manhã, serão realizadas as oficinas ‘Pulso-Presença’, ministrada pelo fundador da banda pernambucana Mestre Ambrósio, Helder Vasconcelos (PE), e ‘Investigação para Criação Corporal em Teatro e Dança’, que terá a professora e bailarina Valéria Vicente (PE) como ministrante. As inscrições para a oficina de Hélder Vasconcelos já estão encerradas, mas ainda há vagas para os interessados em participar das aulas de Valéria Vicente.

As produções e técnicas de teatro e dança são temas de debates que estão acontecendo até esta sexta-feira nas salas de dança do Santa Roza, a partir das 14h, com Rita Aquino (BA), Valéria Vicente (PE), Pedro Pires (SP) e Adriana Fernandes (MG). No sábado (28), serão realizadas duas mesas redondas: às 14h, sobre direitos autorais, que terá Guilherme Amaral (SP), da Associação Brasileira de Música e Artes (ABRAMUS), como conferencista, e Diógenes Maciel, da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), como mediador; e às 16h, sobre a construção e fortalecimento dos fóruns, com a bailarina Ângela Navarro e Vant, da Tribo Ethnos, e os atores Buda Lira, Fernando Teixeira e Márcio Marciano. 

Espetáculos da quarta-feira (25)

O primeiro espetáculo da noite desta quarta-feira (25), às 18h, é ‘Vital’, da Cia Rima de Dança, de Cabedelo. Inspirado no texto da Bíblia (I carta de São Paulo aos Coríntios – Acima de tudo o amor), o espetáculo faz uma leitura poética do quão importante é o amor em nossas vidas e como somos infelizes e solitários se não o aceitamos. A direção e as coreografias são de Rita Spinelli e a música de Eleonora Falcone.

Em seguida, às 18h40, será apresentado outro espetáculo de dança, “Do Salão ao Povão’, do grupo Caetés, de Campina Grande, que faz um passeio imaginário pelo mundo da dança, relembrando a sua importância como elemento de agregação e identificação cultural dos mais variados grupos sociais. O grupo mostra alguns ritmos que ilustram a troca de informações e figuras rítmicas entre o salão e o povão no mundo todo: bolero, zouk, salsa, forró, tango, maxixe e samba.

Às 19h20, será a vez da peça ‘O Romance do Conquistador’, montada pela Companhia Paraibana de Comédia. É uma opereta nordestina cômica da dramaturga Lourdes Ramalho, com direção de Edílson Alves, e patrocínio da Funarte – Prêmio de Teatro Miriam Muniz 2008. “O Romance do Conquistador” segue um modelo de composição específico da literatura popular em verso, designado como romance. Escritos em estrofes de seis versos (ou sextilhas), o romance narra histórias de aventura e amor, mistério e humor, cujos heróis, donzelas e vilões passaram pelas peripécias e trapaceadas de um dom Juan nordestino chamado João.

No palco do Bar dos Artistas, às 20h20, será apresentado o espetáculo ‘Movies’, do Grupo Moulin Rouge’, de João Pessoa, que traz dançarinas de uma casa de shows mostrando flashs de filmes que ficaram marcados na história do cinema, envolvendo em suas coreografias sutis lembranças de personagens e músicas que marcaram épocas.

A programação desta quarta conta ainda com os espetáculos teatrais ‘A Farsa do Poder’, dirigido por Marcos Pinto, e ‘Guiomar, Filha da Mãe’. ‘A Farsa do Poder’ é uma montagem do grupo Osfodidário, de João Pessoa, com direção coletiva. É uma livre adaptação da obra homônima do dramaturgo Potiguar Racine Santos. A trama convida o público ao universo da comédia popular e apresenta personagens presentes em qualquer cidade, revelando arbitrariedades nas relações de poder da sociedade.

Espetáculos da quinta-feira (26)

A noite desta quinta-feira começa com o monólogo ‘Esparrela’, de João Pessoa, que tem texto, direção e atuação do teatrólogo paraibano Fernando Teixeira. ‘Esparrela’ conta a relação do urubu Arquimedes e seu adestrador Manuel, que para entrar na cidade da qual foi expulso resolve ensinar a ave a dançar para impressionar as pessoas. Desta relação surge uma amizade que se encerra com a morte de Manuel e o ressurgimento de Arquimedes, que descobre que não precisa do adestrador para existir. 

Em seguida, às 18h50, o espetáculo de dança ‘Vício Mortal’, da cidade de Solânea, dirigido por Tiago Salvador, será encenado no palco do Bar dos Artistas. ‘Vício Mortal’ aborda o envolvimento de jovens com as drogas, a dependência e as conseqüências. A peça ‘As Aparências Enganam’, escrita por Nilton Santos a partir de um conto de Ednaldo Silva, vem em seguida, às 19h30, no palco do teatro.

O espetáculo é encenado por máscaras da comédia dell’arte e remonta as histórias de amor e engano comum na idade média, como também a via moralista, onde mesmo o mais conhecedor dos fatos acaba se enganando.

No palco do Bar dos Artistas, às 20h10, será a vez de ‘A Batalha da Cidade Contra o Rei do Lixo’, uma montagem do grupo jovem Piollin de teatro, de João Pessoa, com direção de Hércules Félix. O espetáculo é uma comédia educativa, direcionada para crianças e jovens, em linguagem artística e reflexiva sobre a problemática do lixo urbano.

O premiado ‘Os Sete Mares de Antônio’, de João Pessoa, tem texto e direção de Tarcísio Pereira e será apresentado às 20h50, no palco do teatro. O espetáculo foi um dos quatro finalistas brasileiros e o único do Nordeste a chegar à final do Prêmio Luso-Brasileiro de Dramaturgia Antônio José da Silva, promovido pelo Instituto Camões e o Teatro Nacional D. Maria II, de Portugal, em parceria com a Fundação Nacional de Artes no Brasil.

O tema foi o escritor e pregador jesuíta do século XVII, Padre Antônio Vieira, em virtude das comemorações dos 400 anos de seu nascimento, em 2008. A peça, que é composta em versos de cordel, dividida em sete quadros, também venceu o Prêmio Funarte de Teatro Myriam Muniz 2008, que resultou nessa montagem.

A programação de quinta-feira da Mostra Estadual de Teatro e Dança continua com os espetáculos ‘Tom no Pé’, da cidade de Lucena, com direção de Alessandra Mello, e ‘Lunay Troupinikim’, da companhia de dança Tunay, dirigido por Kilma Farias. ‘Lunay Troupinikim’ foi montado com base na fusão das nossas tradições afrobrasileiras aliadas à cultura oriental. O espetáculo mostra coco, boi de reis, xote, xaxado, afro, mas também popping, flamenco e dança indiana.

Confira a Programação:

Quarta-feira

25/11    18h00    Theatro Santa Roza    Vital     Rita Spinele
    18h40    Theatro Santa Roza    Do Salão ao povão    Rosilene Gordônio
    19h20    Theatro Santa Roza    O Romance do Conquistador    Edílson Alves
    20h20    Palco do Bar dos Artistas    Movies    Nivia Ligiane
    20h50    Theatro Santa Roza    A Farsa do Poder    Coletiva
    22h50    Theatro Santa Roza    Guiomar, Filha da Mãe    Marcos Pinto

Quinta-feira

26/11

    18h00    Theatro Santa Roza    Esparrela    Fernando Teixeira

    18h50    Palco do Bar dos Artistas    Vicio Mortal     Tiago Salvador
    19h30    Theatro Santa Roza    As Aparências Enganam    Nilton Santos
    20h10    Palco do Bar dos Artistas    A Batalha da Cidade Contra o Rei Lixo    Hércules Felix
    20h50    Theatro Santa Roza    Os Sete Mares de Antonio    Tarcísio Pereira
    22h10    Theatro Santa Roza    Tom no Pé    Alessandra Mello
    22h40    Theatro Santa Roza    Lunay Troupinikim    Kilma Farias
    23h10    Palco do Bar dos Artistas    Show da Noite

Sexta-feira

27/11    18h00    Praça Pedro Américo    Cordel em Retalhos    Direção Coletiva
    19h00    Praça Pedro Américo    Morte ou Vida Severino    Damião Jocimária
    20h00    Theatro Santa Roza    Solenidade de Entrega do Premio 120 Anos do
 Theatro Santa Roza

    21h00    Theatro Santa Roza    Exibição do documentário sobre
o Theatro Santa Roza

    21h30    Theatro Santa Roza    Espetáculo Antonio Nóbrega

    23h45    Theatro Santa Roza    Show da Noite

Sábado
 

28/11    18h00    Theatro Santa Roza
Corredor dos Camarins    Entre Quatro Paredes
Espetáculo para 40 pessoas  maiores de 16 anos    Antonio Deol
    19h10    Theatro Santa Roza    Reflexo         Isabela Aranha
    19h50    Anima Sola    Paralelo Cia. De Dança    Joyce Barbosa
    20h30    Theatro Santa Roza    Pulsação    Joyce Barbosa
      20h00    Palco do Bar dos Artistas    O Circo da Natureza    Sandra Barbosa
    DEBATES
    19h30    Debate do Espetáculo da Noite – Teatro

    20h40    Debate dos Espetáculos da Noite – Dança

    22h30    Premiação

    23h00    Show de Encerramento – Trem das Onze

Assessoria de Imprensa da Funesc