Fale Conosco

26 de setembro de 2011

Festival recebe mais de cinco mil profissionais do setor em João Pessoa



O Festival do Turismo de João Pessoa, realizado nesse final de semana na Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes, reuniu um público de mais de cinco mil profissionais, entre agentes e operadores de turismo (tanto de empresas privadas quanto de estatais). Paralelamente ao Festival, foram realizados o 2º WorkShop Classe A, a 1ª Feira do Turismo e o 1º Fórum de João Pessoa. Para a presidente da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur), Ruth Avelino, o Festival tem grande potencial para se transformar em um grande evento do segmento no Nordeste.

Ruth se disse entusiasmada com o nível dos debates durante o Fórum, mas, sobretudo, com a participação de empresas de outros estados, que proporcionaram um excelente intercâmbio entre os profissionais do turismo brasileiro. A executiva lembra que o Festival de Turismo de Gramado, um dos maiores do Brasil, atualmente, começou basicamente neste formato. “O Festival de João Pessoa pode sim atingir um mesmo nível”, disse a presidente da PBTur, que apoiou o evento.

Para o gestor executivo do Convention Bureau de João Pessoa, Ferdinando Lucena, responsável pela organização do Fórum, o Festival deste ano superou as expectativas de todos. “Foi um excelente evento e que trouxe bastante conhecimento para aqueles que participaram dele”, disse o executivo. Ferdinando elogiou também o nível dos debates e, principalmente, a relação profissional da iniciativa privada e o setor público.

O diretor da Operadora Classe A, Breno Mesquita, idealizador do Festival em parceria com a Editora Sophistiqué, comemora o sucesso desta segunda edição do evento. Ele afirma que já existe interesse de diversas empresas de participarem da versão 2012. “Já recebemos confirmações para reserva de espaços para o ano que vem”, confirma o empresário, que pretende discutir pequenos ajustes e criar inovações para o próximo ano.

De acordo com Mesquita, o Festival superou as expectativas, mas, principalmente, criou um ambiente favorável para implantação de inovações que farão do evento ainda maior. O empresário preferiu não antecipar essas inovações, mas adianta que haverá maior espaço para capacitações e treinamento de pessoal em diversas áreas. “Estamos discutindo com os cursos de Turismo a criação de um Fórum acadêmico, para ampliar os debates nessa área”, antecipa Mesquita.

Jornalistas – Além da participação de profissionais do segmento turístico durante o final de semana, em João Pessoa, o Festival trouxe para a capital paraibana jornalistas especializados de todos os Estados do Nordeste, que vieram fazer o cobertura e produzir material de divulgação do Destino Paraíba. Vieram a convite da PBTur os jornalistas do jornal A Tarde, de Salvador (BA), e do Correio Braziliense (DF).

 

Os dois jornalistas estiveram também na região do Brejo da Paraíba, para produzir reportagens sobre o crescimento econômico da região graças ao desenvolvimento do turismo. Durante o final de semana, os dois conheceram Bananeiras, Areia e Alagoa Nova, num roteiro que reuniu turismo de aventura, com gastronomia e cultura. “Fizemos um roteiro procurando aproveitar ao máximo a diversidade de turismo. Os dois ficaram encantados com o que viram”, disse Ruth Avelino.