Fale Conosco

22 de junho de 2009

Feriado não afeta atendimento nos 27 hospitais da rede estadual



O feriado desta quarta-feira (24) não afetará o atendimento nos 27 hospitais da rede estadual de saúde, que estão prontos para realizar os atendimentos médicos neste São João. Nas 12 regionais da Paraíba, equipes médicas estarão de plantão para atender urgências e emergências, principalmente vítimas de acidentes de transporte e de queimaduras, que são mais comuns durante os festejos.

Os pacientes com quadro grave de queimadura recebem os primeiros socorros nos hospitais do interior e são encaminhados para os hospitais de Trauma de João Pessoa e de Campina Grande, que possuem Unidades de Tratamento de Queimados (UTQ).

Trauma de JP – No Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, em João Pessoa, uma equipe de 36 médicos para cada plantão de 12 horas garante o atendimento aos pacientes da Capital e das cidades vizinhas. São 19 especialidades, entre elas, cirurgia-geral, traumato-ortopedia, anestesiologia, pediatria, cirurgia buco-maxilo-facial, cirurgia vascular e oftalmologia.

A diretora-técnica do hospital, Aleuda Najila de Sá Cardoso, explicou que a unidade funcionará com o efetivo normal do hospital durante todo o ano. “Somos um hospital de alta complexidade e, por isso, temos um contingente sempre preparado para qualquer eventualidade”, disse, acrescentando que além do número normal de profissionais, o hospital disponibiliza uma equipe de médicos de sobreaviso para atender casos excepcionais, como tragédias e grandes acidentes. “Esse número chega a 50% do efetivo normal”, disse.

Queimaduras – A UTQ do hospital conta com três médicos, um enfermeiro e cinco técnicos de enfermagem. Diariamente, dois cirurgiões plásticos ficam de plantão. “Além deles, temos mais dois cirurgiões plásticos especializados em queimaduras, que estão sempre de prontidão, para que tenhamos plenitude no atendimento”, disse Aleuda.

Segundo ela, nesta época, o hospital recebe vários pacientes com queimaduras provocadas por fogueiras e fogos de artifício, principalmente crianças e adolescentes. Do dia 1º de junho até esta segunda-feira (22) foram 71 atendimentos, incluindo adultos.

Em Campina Grande – Na cidade onde acontece o Maior São João do Mundo, o Hospital de Emergência e Trauma Dom Luiz Gonzaga Fernandes conta com três cirurgiões gerais, dois pediatras, um cirurgião vascular e dois clínicos, além de mais de 20 médicos especialistas que ficam de sobreaviso e são acionados quando há necessidade. Entre as especialidades estão urologia, cirurgia plástica, otorrinolaringologia, cirurgia torácica, neurocirurgia, oftalmologia e pediatria. A UTQ do hospital de Campina Grande possui 24 leitos e conta com dois psicólogos e um cirurgião plástico.

Em Patos – Uma das maiores festas juninas da Paraíba ocorre na cidade de Patos e lá o Hospital Regional Janduhy Carneiro dispõe de uma equipe que atende casos de politraumatismos de quarta-feira a domingo. “Antes, a gente tinha os profissionais, mas não podia realizar as cirurgias, porque não havia os equipamentos e o material. Agora, estamos prontos para oferecer um atendimento completo, sem precisar transferir os pacientes”, disse Paula Maia, diretora do hospital.

O serviço de tomografia funciona 24 horas, permitindo agilidade nos atendimentos e, especialmente para o período junino, o hospital contará com equipamentos para cirurgias de alto risco. O hospital também possui uma UTI imóvel, adquirida há um ano, mas que só esta semana passou a funcionar, porque não possuía todos os equipamentos necessários. A UTI está à disposição de todo o complexo hospitalar (Janduhy Carneiro, Maternidade Peregrino Filho e Hospital Infantil Noaldo Leite).

Cajazeiras – O Hospital Regional de Cajazeiras, no Sertão paraibano, conta diariamente com uma equipe médica de dez profissionais (dois clínicos, um traumatologista, um anestesista, um cirurgião, um intensivista, dois obstetras, um pediatra e um radiologista). O hospital possui Unidade de Terapia Intensiva (UTI) adulto e realiza cirurgias de pequeno e médio porte. Três ambulâncias, sendo uma UTI móvel, funcionam 24 horas para atender a demanda.

Itaporanga – O Hospital Regional de Itaporanga, que também fica no Alto Sertão, conta com uma equipe médica para atender casos de emergência e, segundo a direção, está pronto para receber pacientes durante as festas juninas. Nesta terça-feira (23), véspera de São João, seis médicos estarão de plantão. Na quarta (24), serão quatro profissionais e na quinta (25), cinco médicos. O hospital conta com anestesista e cirurgião todos os dias e tem capacidade para realizar cirurgias de pequeno e médio porte.

“Estamos prontos para atender casos de urgência e emergência que surgirem nesses dias de festa. Somente os casos mais graves serão encaminhados para Patos, porque não possuímos UTI”, disse a diretora Jadcely Serafim.  

Além dos pacientes da cidade, o hospital está preparado para atender casos procedentes de municípios vizinhos, como Boa Ventura, Conceição e Diamante, que também realizam festejos juninos e recebem turistas de várias partes do Estado.
 

Assessoria de Comunicação da SES-PB