Fale Conosco

1 de abril de 2015

Feriado da Semana Santa deve atrair mais de 13 mil turistas para João Pessoa



O feriado prolongado da Semana Santa em João Pessoa deve movimentar a rede hoteleira da capital paraibana. A previsão da Empresa Paraibana de Turismo (PBTur) e da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado da Paraíba (ABIH-PB) é que 80% dos leitos dos hotéis sejam ocupados por visitantes. São esperados mais de 13 mil visitantes entre esta quinta-feira (2) e o domingo (5), um índice 2.11% maior que o mesmo período do ano passado. Para atender a demanda existem mais de 14 mil leitos disponíveis.

A presidente da PBTur, Ruth Avelino, falou que os turistas que ficarem em João Pessoa terão a oportunidade de usufruir das belezas naturais das praias, do rico acervo histórico da capital, além de poder assistir, gratuitamente, a encenação da Paixão de Cristo. A executiva avisa que a encenação da peça religiosa acontecerá no Ponto de Cem Réis, no centro histórico da cidade.

“Nos últimos anos João Pessoa tem sido apontada como um dos destinos mais procurados durante a Semana Santa. As pessoas que nos procuram desejam tranquilidade, belezas naturais e gastronomia variada. Isso quem diz são sites especializados em busca de hotéis”, declarou.

Para atender a demanda de visitantes, a PBTur disponibiliza três Centros de Informações Turísticas. O maior está instalado no Centro Turístico de Tambaú, que atende aos turistas que estão hospedados nos hotéis da orla de João Pessoa. Outro fica instalado nas dependências do aeroporto Castro Pinto e o terceiro no Terminal Rodoviário, no bairro do Varadouro. Em todos há atendentes bilíngües.

Feriados – O Nordeste será uma das regiões do país mais beneficiadas com o calendário de feriados de 2015. O impacto econômico de seis feriados nacionais no turismo nordestino é estimado pelo Ministério do Turismo em R$ 4,2 bilhões, o equivalente a 22,3 % da movimentação financeira no país. Os destinos turísticos dos nove estados nordestinos absorverão também 3,17 milhões das cerca de 10,9 milhões de viagens domésticas adicionais motivadas pelos feriadões.