João Pessoa
Feed de Notícias

Feira marca encerramento do Salão da Agricultura na Capital

domingo, 28 de julho de 2013 - 17:29 - Fotos:  Secom-PB/Antônio David

Com a proposta de divulgar os produtos da agricultura familiar do estado e promover a interação entre campo e a cidade chegou ao fim, neste domingo (28), o 2º Salão da Agricultura. O evento foi realizado pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca (Sedap) e as empresas vinculadas. As atividades foram encerradas com a Feira da Agricultura Familiar.

O Salão foi aberto na quinta-feira (25) pelo governador Ricardo Coutinho, no Busto de Tamandaré, em João Pessoa. Mais de 200 agricultores de todas as regiões do estado comercializaram os produtos da agricultura familiar. “Esse ano nosso tema foi ‘A Paraíba Produz Alimentos Saudáveis’, por isso, trouxemos a Feira da Agricultura Familiar, para ser vitrine dessa produção agroecológica que existe na Paraíba, e que o consumidor pode ter acesso”, comenta o secretário da Sedap, Marenilson Batista.

Diversas entidades ligadas ao desenvolvimento rural sustentável no estado também apresentaram seus serviços para a população. “As empresas vinculadas, a exemplo, da Emater, Interpa, Empasa e Emepa, desenvolveram trabalhos importantes para a melhoria da vida do homem do campo. É por isso que expomos os serviços, para que a população saiba o que vem sendo feito no nosso estado”, acrescenta Marenilson Batista.

Oficinas – Este ano, o 2º Salão da Agricultura promoveu a realização de oficinas com temáticas rurais adaptáveis ao contexto urbano, a exemplo da oficina sobre “Horticultura em pequenos espaços”, ministrada por técnicos da Empresa Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater). “Os temas propostos conseguiram contemplar as pessoas que vivem na cidade, trazendo informações importantes para quem já realiza algumas práticas ligadas a agricultura, como eu, que tenho uma horta no meu quintal”, diz a professora Carolina Martins, que participou das oficinas.

Os profissionais do Programa Sesi “Cozinha Brasil” ministraram a oficina “Alimentação Saudável”, onde foi mostrada a utilização de alimentos agroecológicos, com reaproveitamento de cascas e sementes.  “Jardinagem: bonsai e arranjos-florais”, destinada a estudantes de arquitetura, urbanismo, designer de interiores e donas de casa, também foi uma das opções de cursos, ministrado por técnicos da Emepa e Empasa.

Também foi realizada a oficina “Cuidados com os animais domésticos”, disponibilizada por professores da Universidade Federal da Paraíba, do campus de Areia, e por técnicos da Associação de Proteção Animal Amigo do Bicho (APAAB).

Comercialização – A comercialização foi um dos pontos altos do Salão. Agricultores familiares de todas as regiões do estado puderam trazer seus produtos para o público da capital paraibana. A feira conta com uma grande variedade de produtos como as flores, artesanato, renda renascença, frutas e verduras agroecológicas, pratos da culinária regional e pedras preciosas.

“Tivemos uma estrutura excelente para vender nosso mel, aqui no salão, desde o transporte, hospedagem e também o ponto de venda. Além da comercialização para um público diferente, que agora conhece nosso produto, conseguimos criar contatos para vendas maiores no futuro”, comenta Virginio Felix Alves, da Associação dos Apicultores do Município de Salgado de São Félix.

Adoção de animais – Durante todo o sábado (27), em parceria com a Associação de Proteção Animal Amigo do Bicho (APAAB), foi realizada uma grande feira de adoção de animais domésticos que trouxe gatos e cachorros para o evento. “Nós estamos muito satisfeitos com o espaço que nos foi dado, toda a estrutura disponibilizada pela Sedap para realizarmos esta feira. Estamos registrando um número alto de adoção de pessoas que realmente se importam com a vida do animal, e que entendem todos os cuidados necessários que eles precisam ter”, comenta Marconi de Luna, vice-presidente da APPAB.

Cultura – O Salão também promoveu a cultura do estado. Em parceria com a Secretaria de Cultura da Paraíba (Secult), foram realizadas noites culturais com grupos folclóricos e artistas com participação do público. A orquestra Prima, Baixinho do Pandeiro e o grupo Moendas de Areia foram algumas das atrações que animaram o evento.