Fale Conosco

13 de dezembro de 2011

Fapesq reúne 300 estudantes em Campina Grande para expor resultados de pesquisas



A Fundação de Apoio à Pesquisa (Fapesq) e a Secretaria de Estado da Educação reunirão nesta quarta-feira (14), em Campina Grande, cerca de 300 alunos do ensino médio de escolas públicas no evento de encerramento do Programa de Iniciação Científica Júnior (IC-JR 2010/1011) e assinatura dos termos de outorga dos alunos que passaram na seleção do IC-Jr 2012. O evento começará às 8h30 no auditório José Farias de Nóbrega, da UFCG.

Será uma manhã de atividades científicas em que os alunos que concluíram o IC-Jr apresentarão os resultados das pesquisas desenvolvidas por eles e recepcionarão os novos bolsistas que estão ingressando no Programa de Iniciação Científica. Os alunos selecionados para o IC-Jr 2012 assinarão os termos de outorga e aceitação de bolsas, emitidos pelo CNPq e Fapesq. Haverá também uma exposição dos trabalhos no hall de entrada do auditório.

Entre os projetos a serem expostos estão “Uso de plantas medicinais no tratamento da hipertensão arterial”, “Desempenho agronômico da cenoura orgânica cultivada em ambiente protegido no município de Catolé do Rocha”, “Análise do PH, acidez e açúcares totais de qui-sucos de frutas”, “Cyber bulling: questões de direito e da comunicação”, entre outros.

A implantação do IC-JR na Paraíba é fruto de convênio firmado entre a Fapesq e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e já beneficiou cerca de 800 alunos do ensino médio da Rede Estadual de Ensino em seis anos de atuação. Cada ano O IC-Jr seleciona 130 bolsistas. Os alunos recebem uma bolsa mensal no valor de R$ 100,00.

O edital é operacionalizado pela Fapesq em parceria com a Secretaria de Educação e Cultura da Paraíba, com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), a Universidade Estadual da Paraíba (UEPB), a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) e o Instituto Federal de Educação.

Condições de participação – Para se integrar ao programa o aluno deve estar concluindo o 1º ano do Ensino Médio em 2011, e estar cursando o 2º ano em 2012, quando concluirá o período da pesquisa de iniciação científica. O aluno deve estudar em escola da rede estadual localizada em município que seja sede de unidade de pesquisa de uma das universidades ou institutos de educação públicos do Estado; possuir freqüência igual ou superior a 90%; apresentar média global igual ou superior a 8,0 (oito) no ano em curso e ter disponibilidade de 10 horas semanais para dedicar às atividades da bolsa por um período de um ano.

No ato da inscrição o aluno indica a área de interesse (ciências exatas, ciências da natureza, ciências humanas, etc.) para o desenvolvimento da pesquisa. Os alunos são orientados por professores das instituições de ensino superior e pesquisa da Paraíba.