Fale Conosco

10 de julho de 2013

Fapesq abre edital para pesquisas em Saúde



A Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado da Paraíba (Fapesq) está com edital aberto para submissão de projetos de pesquisa, no âmbito do Programa Pesquisa para o SUS: Gestão Compartilhada em Saúde (PPSUS). Mais de 70 pesquisas já foram desenvolvidas pelo Programa. A chamada tem como objetivo apoiar atividades de pesquisa que visem promover o desenvolvimento científico, tecnológico ou de inovação da área de saúde, em temas prioritários para o Estado da Paraíba. As propostas podem ser submetidas (por meio eletrônico) até o dia 2 de agosto de 2013.

O edital PPSUS é uma iniciativa do Ministério da Saúde (MS), por meio do Departamento de Ciência e Tecnologia, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos – Decit/SCTIE, Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e o Governo do Estado da Paraíba, por intermédio da Fapesq, em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde (SES) da Paraíba. Serão destinados para essas pesquisas recursos totais de aproximadamente R$ 1,2 milhão, de contrapartida do Ministério da Saúde e Governo da Paraíba.

O desenvolvimento do PPSUS possibilita a aproximação entre os sistemas estaduais de saúde e de ciência e tecnologia e a mobilização da comunidade acadêmica da área da saúde para o desenvolvimento de projetos de pesquisa em temas considerados prioritários, tendo como parâmetro as necessidades reais de saúde da população brasileira. O programa vem contribuindo para o fortalecimento dos grupos de pesquisa em saúde, que melhoraram, consideravelmente suas infraestruturas para desenvolvimento de pesquisas, refletindo no incremento em publicação de artigos científicos, além de promover um intercambio entre a academia e o serviço público de saúde do Estado da Paraíba – secretarias de Saúde do Estado e de diversos municípios.

Poderão apresentar propostas pesquisadores doutores, com vínculo empregatício em instituição científica ou tecnológica situada no estado da Paraíba. A instituição de vínculo do proponente deverá se enquadrar como: Instituições de ensino superior, públicas ou privadas, sem fins lucrativos; Institutos e centros de pesquisa e desenvolvimento, públicos ou privados, sem fins lucrativos; Empresas públicas, que executem atividades de pesquisa em Ciência, Tecnologia ou Inovação.

As áreas prioritárias para o edital deste ano são: Atenção materno, infantil – pré natal e pós parto; Envelhecimento e saúde; Atenção e gestão em saúde mental; Gestão dos serviços de saúde; Redução de agravos e riscos; e Doenças transmissíveis e não transmissíveis.

Estão sendo disponibilizadas várias faixas de financiamento. As propostas submetidas poderão solicitar recursos financeiros de até R$ 50 mil (Faixa A) e de até R$ 200 mil (Faixa B). Serão reservados inicialmente recursos de aproximadamente R$ 340 mil para o atendimento aos projetos enquadrados na Faixa A, e de até R$ 800 mil para os enquadrados na Faixa B. Os recursos não utilizados em uma faixa poderão ser transferidos para outra faixa em função dos resultados das avaliações. Cada proponente pode apresentar um único projeto.

O edital completo está disponível na página www.fapesq.rpp.br (editais). Outras informações pelo telefone (83) 3333-2600.