João Pessoa
Feed de Notícias

Familiares de adolescentes do CEA recebem orientações sobre programas sociais do Governo

quarta-feira, 13 de junho de 2012 - 16:41 - Fotos: 

Foto:Severino Pereira/Secom-PB

Nesta quarta-feira (13), pais e responsáveis de adolescentes que cumprem medida socioeducativa no Centro Educacional do Adolescente (CEA), em Mangabeira, receberam informações sobre os programas sociais que existem no Estado. O objetivo é oferecer perspectivas para depois que os adolescentes deixarem o CEA.

Uma equipe da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Humano (Sedh), a convite da direção do Centro, falou sobre os serviços oferecidos nos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) e nos Centros de Referência Especializados da Assistência Social (Creas).

“Os Creas e os Cras trabalham o fortalecimento dos vínculos das famílias e das comunidades, onde são oferecidos benefícios que os adolescentes podem ter acesso quando retornam para casa. Estes centros podem encaminhar os adolescentes para programas como o Projovem, Peti, grupos de adolescentes, de mães e outros”, destacou Madelena Dias, coordenadora estadual dos Creas.

Ela acrescentou que os Creas atendem a todo tipo de direito violado, com uma equipe formada por psicólogo, educador social, assistente social e advogado. No Estado existem 20 Pólos Regionais que, juntos, atendem a 153 municípios paraibanos, além de 72 Creas municipalizados.

Alimentando Laços – A palestra com a equipe da Sedh aconteceu durante reunião do Programa Alimentando Laços, desenvolvido pela Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (Fundac), em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e integrado ao Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

O Programa Alimentando Laços faz parte do Plano de Convivência Familiar, que tem como principal objetivo combater a reincidência de adolescentes e jovens infratores, incentivando o envolvimento das famílias no processo socioeducativo.