João Pessoa
Feed de Notícias

FAC realiza ciclo de palestras sobre mulher, criança e idoso

terça-feira, 10 de novembro de 2009 - 18:01 - Fotos: 

A Fundação Desembargador Toledo, ONG de assistência sócio-recreativa e educativo-cultural de João Pessoa, em parceria com a Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e Governo do Estado, através da Fundação de Ação Comunitária (FAC), está realizando um ciclo de palestras sobre tema que envolve a mulher, a criança e o idoso, no período de 6 a 30 deste mês, nas mais diversas comunidades da Capital, Bayeux e Cabedelo.

O evento vem se desenvolvendo em postos de distribuição do Programa Leite da Paraíba/Fome Zero, e denomina-se de ‘Encontro com a Criança e a Família’, com o objetivo de colaborar com as políticas públicas de combate a maus tratos a mulheres e pessoas idosas – de ambos os sexos -, bem como ao consumo de drogas infanto-juvenil.

“Cada uma das instituições envolvidas relata peculiaridades do segmento com que está lidando, aplicando métodos de aprendizagem e conscientização da temática respectiva, sempre buscando a maneira mais fácil de interatividade comunitária”, observa a presidente da FAC, Lúcia Braga, ressaltando o conteúdo das palestras proferidas por técnicos e dirigentes da instituição, destinadas à promoção da coesão familiar entre todas as faixas etárias. Além desses ensinamentos teóricos e pedagógicos, segundo Lúcia Braga, a FAC também oferece aulas de educação física para crianças e jovens, com recreação e distribuição (de doações) de brindes.

A UFPB vem tendo atuação bastante diversificada no decorrer do programa. Segundo assessores da Fundação Toledo, a instituição disponibilizou vários profissionais da área de saúde para colaborarem com o êxito dos trabalhos, entre eles psicólogos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem e especialistas em prevenção em câncer de mama, além de expositores de produtos fitoterápicos.

Atendimento - Os psicólogos dispensaram maior atenção a questões relativas às drogas, com palestras que envolvem todos os matizes da estrutura familiar (embora sem maior profundidade), enquanto que enfermeiros e técnicos procediam a aferição de pressão arterial, sobretudo em pessoas de meia-idade para cima.

Já a Fundação Desembargador Toledo centrou suas atividades na exposição de trabalhos artesanais da lavra do alunado da instituição, que são crianças resgatadas das ruas da Capital, também oferecendo, à população de cada comunidade, os serviços odontológicos que comumente são realizados por sua unidade móvel.

Abertura - O programa foi oficialmente aberto no dia 6 deste mês, às 10h, na comunidade da Gauchinha (Galpão Sônia Leal), na zona sul da Capital, e contou com representantes de todos os órgãos e instituições envolvidas, além de lideranças religiosas, políticas e comunitárias, a exemplo da presidente da FAC, Lúcia Braga; Maria Rita Toledo (UFPB); Zélia Barbosa, Ana Rita Henriques, Cristina Pedrosa, Yolanda Mendes e Marluce Carneiro, que compõem também o corpo dirigente da FAC. 

Josinato Gomes, da Assessoria de Imprensa da FAC