João Pessoa
Feed de Notícias

Exposição pelo Dia do Artesão supera expectativas

terça-feira, 20 de março de 2012 - 16:08 - Fotos:  Claudio Goes/Secom-PB

Foto: Claudio Goes/Secom-PB

O Governo da Paraíba comemorou o Dia do Artesão com uma exposição no Shopping Boulevard, em Campina Grande. Aberta no último dia 10, a exposição teve um saldo de 1,3 mil peças artesanais comercializadas, totalizando mais de R$ 30 mil em vendas. O encerramento do evento contou com a presença da primeira-dama do Estado, Pâmela Dório, nessa segunda-feira (19).

Os 30 artesãos que participaram da exposição representam um conjunto de mais de 120 integrantes, entre associações, cooperativas, grupos familiares e artesãos individuais.

Segundo Pâmela, que coordena o Programa de Artesanato da Paraíba, as vendas superaram as expectativas. “O Governo garante o crédito, por meio do Programa Empreender, oferece cursos de qualificação e realiza o Salão de Artesanato e exposições com esta, para que os artesãos possam vender seus produtos, garantindo renda e movimentando a economia”, disse.

Pâmela estava acompanhada pela secretária de Estado da Interiorização, Débora Maciel, e pela gestora do programa, Ladjane Barbosa Sousa, que confirmou, para junho, o 16º Salão do Artesanato de Campina.

Além dos eventos, também fazem parte do programa o Mercado de Artesanato Paraibano (MAP), localizado em Tambaú; a Casa do Artesão, na Rua Maciel Pinheiro, Varadouro; e o Museu Casa do Artista Popular, na Praça da Independência, todos em João Pessoa.

Foto: Clauido Goes/Secom-PB

Artesãos comemoram – Uma das artesãs mais entusiasmadas era Lourdes Diniz, que trabalha com esculturas de madeira. “Nestes nove dias, nosso grupo vendeu muitas peças, a gente não esperava tanto”, enfatizou, ressaltando o apoio que o Governo dá ao segmento, desde o ano passado. Ela integra, com mais 13 artesãos, o grupo Paulínia Diniz.

Josefa Ferreira de Oliveira, da Associação dos Artesãos do Chã dos Pereira, da cidade de São Sebastião do Umbuzeiro, também comemorou.Ela vendeu dezenas de peças de bordado labirinto, caracterizado por grande diversidade de gravuras. “As vendas foram boas e faturamos bem”, disse. Ela também está ansiosa para que cheque o mês de junho, quando será realizada mais uma edição do Salão do Artesanato, em Campina Grande.

Por sua vez, Haroldo Williams, do grupo familiar Brinquedos Populares, destacou a escolha do local da exposição. “Em Campina, existe a Casa do Artesão, mas a procura é pequena neste período do ano, porque não há movimento de pessoas. No shopping é diferente, passa muita gente, diariamente. Por isso as vendas cresceram”, observou.