João Pessoa
Feed de Notícias

Exposição com fotografias de Amélia Couto é aberta nesta quinta (1º) na Galeria Archidy Picado

terça-feira, 30 de março de 2010 - 11:47 - Fotos: 

O trabalho da artista plástica, fotógrafa, museógrafa e designer pernambucana Amélia Couto poderá ser conferido na galeria de arte Archidy Picado, no Espaço Cultural, durante o mês de abril. A exposição ‘Amélia Couto – Fotografias’ será aberta nesta quinta-feira (1º), às 19h, e ficará disponível para visitação até o dia 30. 

Na carreira de Amélia Couto, a artista carrega experiências estéticas que transitam por suportes e propostas que vão da cerâmica à estamparia, do design gráfico a vídeo-arte, do documentário à fotografia. 

Nesta exposição, composta por sete fotografias em cetim e sete em papel fotográfico, Amélia Couto passeia por lugares do seu próprio corpo e do mundo, interferindo digitalmente em imagens específicas, tornando-as mais densas e narrativas. Em outros momentos as imagens revelam o instante único da experiência de quem as observa e as vive sem intervenções.

Na opinião do coordenador de Artes Visuais da Funesc, Sidney Azevedo, “a fotografia de Amélia Couto dispensa o hermetismo e parte para o discurso direto da superfície do mundo e do corpo que nele está contido, e que igualmente o contem, pressupondo que o corpo e o mundo sejam feitos da mesma fonte de energia pungente, através da qual experimentamos o mundo e lhe atribuímos sentidos”, observa.

Segundo Sidney, nos trabalhos de Amélia Couto se sobressai claramente uma força vital incisiva e exemplar, fundamentada em sua atitude positiva diante da existência, cuja essência interna colabora com a edificação da vida e seu usufruto.

A exposição ‘Amélia Couto – Fotografias’ é uma realização do Governo do Estado, através da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc), e do Instituto Cultural Raul Córdula.

A artista – Amélia Couto é formada em Desenho Industrial pela Universidade Federal de Pernambuco e tem no seu currículo diversos cursos de aperfeiçoamento, como História da Arte Luso-Brasileira, Computação Gráfica, Administração Gerencial para um Novo Estado, Arte Moderna e Contemporânea no Brasil, Formação de Agentes Culturais e Constituição de Microempresa Cultural, e Estudo de Direção de Cinema, além de oficinas de Cerâmica, Crítica de Arte, Programação Informática como Escrita Artística e Xilogravura e Monotipia.

Durante a sua carreira, Amélia Couto realizou projetos museográficos, pesquisas e montagens em instituições culturais de Recife (PE), Olinda (PE), Chile e Inglaterra e levou seus trabalhos para exposições coletivas em Pernambuco, na Paraíba, Bahia, Rio de Janeiro, São Paulo e Suíça.

Frequentemente procurada para proferir palestras, a artista pernambucana é responsável ainda por coordenações de eventos na área de artes visuais, a exemplo do “II Simpósio Nacional de Artes Plásticas” – INAP/FUNARTE; “Arte do Povo” – Fundação Roberto Marinho, e “Seminário Aloisio Magalhães e a Semiótica” – UFRN.

SERVIÇO

AMÉLIA COUTO – FOTOGRAFIAS
ONDE: Galeria Archidy Picado (Espaço Cultural José Lins do Rego – Rua Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho)
VISITAÇÃO: de 1º a 30 de abril (de segunda a quinta-feira, das 12h às 18h; sexta, das 8h às 13h; sábado e domingo, das 14h às 20h).
INFORMAÇÕES: (83) 3211.6272

Assessoria de Imprensa da Funesc