João Pessoa
Feed de Notícias

Expectativas da missão comercial de Ricardo Coutinho em Cuba

domingo, 18 de setembro de 2011 - 13:42 - Fotos: 

A convite do Governo da Paraíba, um grupo de dez empresários da Paraíba embarca com o governador Ricardo Coutinho para Cuba, neste domingo (18), em Missão Comercial. A agenda de negócios da comitiva paraibana cobre o período de 19 a 23 deste mês e tem o objetivo de expandir as parcerias institucionais, comerciais e culturais com a ilha socialista.

As empresas paraibanas (ou instaladas na Paraíba) farão o primeiro contato com empresários e com o governo cubano, no sentido de exportar, para aquele país da América Central, produtos como transformadores elétricos, calçados, alimentos, bebidas, papel higiênico e artigos plásticos. Um empresário do setor de transportes, que também atua com logística portuária, integra a comitiva.

Transformadores – A multinacional indiana Vijai Elétrica do Brasil Ltda, que tem uma unidade no Distrito Industrial de João Pessoa – a única do grupo na América do Sul –, pretende exportar para Cuba seus transformadores elétricos de ultima geração. Na fábrica da capital paraibana, são produzidos, por dia, 400 transformadores monofásicos e cerca de 250 trifásicos. O preço médio é de R$ 10 mil por unidade.

Segundo o diretor de marketing da multinacional, Darci Chaves Araújo, a Vijai já tem relações comerciais com o Peru e o Chile. Contatos também estão sendo iniciados com o Uruguai. “Nesta missão, que tem à frente a comitiva do Governo da Paraíba, temos a vantagem de abrir uma porta oficial no país, o que representa um passo à frente para futuros negócios”, disse.

A Vijai se instalou em João Pessoa em 2006 e aqui gera 430 empregos diretos – incluindo os indiretos, são cerca de mil empregos. Darci ressalta que Cuba tem a energia mais cara do mundo, os geradores são a óleo, antigos, com mais de 30 anos de uso, porém o governo subsidia boa parte dos custos. O Porto de Cabedelo será o ponto de partida para os negócios com Cuba. A Vijai também tem uma fábrica no México e realiza negócios na Ásia e Europa.

Calçados – O empresário João Bôsco Florêncio, da Jotabê Indústria e Comércio de Calçados Ltda, com sede em Campina Grande, ressaltou a identificação do governo socialista de Ricardo Coutinho com o regime do governo cubano – o que, para ele, facilita o intercâmbio comercial da ilha com a Paraíba.

A empresa espera contribuir com a movimentação do Porto de Cabedelo, exportando calçados para Cuba. Hoje, 80% de sua produção destinam-se ao mercado nordestino. “Vamos com boa expectativa, com disposição para avaliar, observar os preços no comércio cubano e articular negócios futuros”, disse.

Frutas – O empresário Claudio Barbosa de Carvalho Filho revelou que a Intrafrut Indústria Transformadora de Frutos S/A, de João Pessoa, já exporta polpa de frutas para dezenas de países. Agora, pretende realizar negócios com Cuba, um mercado muito promissor. Por ano, a empresa tem capacidade de processar 60 mil toneladas de abacaxi.

A Intrafrut emprega 180 pessoas, fora os empregos indiretos. Para o empresário, o convite do Governo da Paraíba chega em boa hora, pois já havia planos de exportar para a ilha caribenha. “A iniciativa do governo paraibano é uma grande oportunidade”, destacou.

Couro – A Indústria e Comércio de Artefatos de Couro e Plástico Ltda, com unidades em João Pessoa e Campina Grande, produz cerca de 2.800 pares de calçados infantis por dia. O empresário José Saad Rached espera exportar o quanto antes para Cuba. “A ilha tem grande potencial”, disse.

Transportes e operações portuárias – A Marlog Marajó Logística e Serviços Ltda atua no setor de transporte e também em operações portuárias. Com boas expectativas de negócios na missão, o empresário Arlan Silva Rodrigues defende que o governo da Paraíba realize outras missões comerciais. “O Estado precisa ingressar de vez na globalização”, salientou.

Além do governador Ricardo Coutinho, de alguns auxiliares do Governo do Estado e dos empresários já citados, integram a missão paraibana o presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado da Paraíba, Marconi Medeiros, e os empresários José Gonzaga Sobrinho, (Atacadão de Estivas e Cereais Rio do Peixe Ltda – Campina Grande); Fábio Tyrone Braga e Oliveira (Pau Brasil Veículos e Peças Ltda – Sousa); Carlos Frederico Gaudêncio (Plastex Indústria e Comércio de Plástico – João Pessoa); e Christiano Saldanha (Fofex Indústria de Papéis Ltda – Campina Grande).

Agenda – A comitiva liderada pelo governador Ricardo Coutinho volta de Cuba na manhã da próxima sexta-feira (23). Até o embarque, porém, o grupo participará de diversos eventos: visita a um showroom de produtos brasileiros; reunião com o Embaixador do Brasil em Havana; reunião com a administração portuária; reunião com a Mincex (Comércio Exterior); encontro com a Câmara de Comércio de Cuba; visita técnica às obras do Porto de Mariel (obra executada pela Odebrecht); visita à joint venture Brascuba (Sousa Cruz e TabaCuba); ronda de negócios; e reunião com a empresa cubana Palco, organizadora da Feira Internacional de Havana, entre outros.