João Pessoa
Feed de Notícias

Exército realiza visitas domiciliares com Agentes Comunitários de Endemias a partir desta terça-feira

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016 - 17:33 - Fotos:  Delmer Rodrigues

Começam nesta terça-feira (5) as visitas domiciliares do Exército Brasileiro junto com os Agentes Comunitários de Endemias (ACE), no combate ao mosquito Aedes Aegypti, na grande João Pessoa. As equipes se concentrarão, a partir das 7 h, em diversos pontos de João Pessoa, Cabedelo, Santa Rita e Bayeux, de onde seguirão para os bairros onde ocorrerá o trabalho. O objetivo da Secretaria de Estado da Saúde (SES) é realizar a visita em todas as residências do estado, até o dia 31 de janeiro, conforme a previsão do Ministério da Saúde.

Na tarde desta segunda-feira (4), a SES distribuiu kits para 95 homens do Exército Brasileiro. Cada kit contém bolsa, caneta, prancheta para os registros das visitas e tubos para a coleta das larvas.

De acordo com a programação, em João Pessoa, são 50 homens que vão se concentrar no Grupamento de Engenharia e de lá seguirão para o bairro do Bessa; em Santa Rita, serão 20 homens que sairão do 16º Regimento de Cavalaria Mecanizado (RCMec) e as visitas ocorrerão no bairro de Tibiri II. Em Bayeux, são 15 homens que se concentrarão também no 16º RCMec e de lá seguirão para o Bairro da Imaculada e no município de Cabedelo serão 10 homens que se concentrarão no Grupamento de Engenharia e as visitas acontecerão na Comunidade Jardim América.

“Na Paraíba, a estimativa é de que há 1 milhão e 100 mil imóveis urbanos. Para atingirmos a meta do Ministério estamos contando com a parceria de várias instituições. Além do Exército, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Defesa Civil e ainda estamos oferecendo apoio às Secretarias de Saúde de todos os 223 municípios paraibanos, no intuito de eliminar o mosquito que transmite o vírus da dengue, chikungunya e zika”, explicou a gerente executiva de Vigilância em Saúde, da SES, Renata Nóbrega.

Ela alertou ainda que, de acordo com a web conferência realizada pelo Ministério da Saúde, os municípios que não tiverem o quantitativo suficiente de agentes para visitar todos os imóveis, nos meses de janeiro e fevereiro, devem informar à Sala de Situação Estadual para avaliação e providências junto ao Ministério, pelo email saladesituacao@saude.pb.gov.br