Fale Conosco

26 de junho de 2013

Ex-jogador do Uruguai apresenta projeto ligado ao desporto escolar



O secretário de Estado da Juventude, Esporte e Lazer, Tibério Limeira, recebeu, nessa terça-feira (25), o ex-jogador de futebol da seleção uruguaia, Hugo De Leon. O objetivo do encontro foi a apresentação dos projetos desenvolvidos pelo ex-zagueiro, “Futebol Vai a Escola” e “Educando Valores”, que incluem ações voltadas para atletas em idade escolar sob orientação de um profissional ligado à Educação Física e ainda de um atleta de destaque.

O projeto terá início, nos próximos dias, no Rio Grande do Sul e será apresentado também nos estados do Ceará e Amazonas e, brevemente, na Paraíba. A Secretaria de Estado da Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), por meio das leis que incentivam o esporte e que já existem no Ministério do Esporte, vai avaliar para saber quais estão enquadradas nos projetos.

Hugo De Leon agradeceu o encontro e disse ter sido muito proveitoso. “A Paraíba já realiza um excelente trabalho que são os Jogos Escolares em todas as suas regiões e isso já mostra o quanto o esporte nas escolas é valorizado. Aproveito e agradeço ao secretário Tibério por ter visto como o projeto é desenvolvido para que a atividade física possa prevalecer nas escolas, sobretudo para afastar a obesidade das crianças”, frisou.

Para o secretário, a visita de De Leon serviu para que novos caminhos para a prática de exercícios físicos nos locais de ensino possam ser abertos. “Há uma grande preocupação dos pais, hoje em dia, com a obesidade devido à má alimentação. Esse projeto vai também colaborar não só na prática do esporte em si, como também realizar uma educação e orientação visando deixar os alunos conscientes da importância em cuidar da saúde”, destacou o secretário.

Tibério ainda conversou sobre a carreira futebolística de De Leon. “Não cheguei a vê-lo jogar, mas já vi várias reportagens sobre suas participações na Copa do Mundo, Copa América, Libertadores e ainda do título mundial quando foi o capitão do Grêmio, em 1983, no Japão contra o Hamburgo da Alemanha”, concluiu.