João Pessoa
Feed de Notícias

Evento integra a Política Nacional de Humanização e valoriza servidores, divulgando suas habilidades

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009 - 18:25 - Fotos: 

O Complexo de Pediatria Arlinda Marques, em João Pessoa, abriu na manhã desta quarta-feira (2), a V Feira de Talentos, que expõe produtos confeccionados por 20 funcionários de diversos setores. A feira faz parte das ações da Política Nacional de Humanização (PNH) e tem o objetivo de valorizar os servidores, divulgando as suas habilidades. O complexo também recebeu, no mesmo dia, a visita de alunos e funcionários do Colégio Geo, que doaram brinquedos para as crianças internadas.

“A Feira de Talentos é uma forma que a gente encontrou de valorizar os nossos funcionários, para que eles se sintam motivados, e também de revelar as habilidades que muitos deles têm guardadas, mas que não divulgam, às vezes até por timidez. Além disso, a gente resgata a autoestima do servidor, com isso, ele se volta mais para serviço”, disse a diretora do complexo, Darcy Lucena, garantindo que o evento não atrapalha o trabalho no hospital, pois os servidores participam nos horários de folga, quando não estão nos plantões.  

Na feira, que acontece até a próxima sexta-feira (4), no pátio do complexo, os funcionários expõem panos de copa, tapetes, peças em crochê, bijuterias, almofadas, licores, trufas e cocadas. “Faço bijuterias há seis anos e, nessa feira, tenho a chance de mostrar o meu trabalho pra muita gente, já que passam muitas pessoas passam por aqui. Essa iniciativa é importante porque nos dá a oportunidade de mostrar as nossas habilidades também em outras áreas”, comentou a psicóloga Raquel Torres, 26 anos.

Humanização – Além da Feira de Talentos, o complexo desenvolve outras ações que fazem parte da PNH, como um coral formado por 22 funcionários e atividades psicocorporais, que trabalham o corpo e a mente, em sessões de duas horas, que acontecem às segundas e quintas-feiras. Para o próximo ano, está previsto o lançamento do Programa de Combate ao Tabagismo, para ajudar os servidores que querem parar de fumar.

A PNH foi criada em 2003, pelo Ministério da Saúde, para efetivar os princípios do SUS no cotidiano das práticas de atenção e gestão, qualificando a saúde pública no Brasil e incentivando trocas solidárias entre gestores, trabalhadores e usuários.

Lição de cidadania – Alunos e funcionários do Colégio Geo foram até o Arlinda Marques, na manhã desta quarta-feira, distribuir cerca de 300 brinquedos arrecadados, durante uma gincana realizada na escola. “Achei muito legal essa iniciativa deles, porque é uma forma de trazer alegria para as crianças que estão internadas”, disse Erika Guimarães, 30 anos, mãe de Ester Laís, de 11 meses.

Darcy Lucena destacou a importância das parcerias com entidades privadas. “Essa parceria com a rede privada é muito importante para o hospital. Nesta visita do pessoal do Geo, também tivemos a oportunidade de mostrar ao estudante o que é o serviço público e tirar aquela idéia de que o SUS não tem atendimento de qualidade. Os alunos ficaram muito entusiasmados porque viram um hospital funcionando bem”, disse. 

A equipe do Geo também distribuiu material de higiene pessoal para as mães dos pacientes. Durante a gincana, que aconteceu, entre os meses  de agosto e novembro, os alunos arrecadaram cerca de 2 mil brinquedos. Além do Arlinda, outros hospitais da cidade receberam as doações. Outra prova da gincana foi a arrecadação de frascos de vidro, que foram doados ao Banco de Leite Humano Anita Cabral.

Da Assessoria de Imprensa da SES/PB