Fale Conosco

17 de junho de 2009

Evento faz parte da política de humanização do “Juliano Moreira”



O Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira, em João Pessoa, que abriga 210 pessoas com distúrbios mentais, realiza a partir das 14h desta quinta-feira (18) o ‘São João do Juliano’, com direito a quadrilha junina no ‘Arraiá do Coroné Jujú’. O evento tem o objetivo de integrar os pacientes com seus familiares e a sociedade e faz parte da política de humanização adotada pela unidade.

Para a realização da festa, o pátio interno do Complexo será decorado com bandeiras, balões e outros adereços típicos da época, confeccionados pelos próprios pacientes. As roupas usadas por eles durante a apresentação da quadrilha junina foram feitas pelas costureiras do órgão.

A festa terá início com a dança dos pacientes idosos. Em seguida, haverá a apresentação da quadrilha junina composta pelos internos e a realização do casamento matuto. Após as apresentações, será servido um lanche à base de comidas típicas.  

Referência no tratamento a pacientes com distúrbios mentais, o Complexo Psiquiátrico Juliano Moreira realiza um trabalho sistemático de reintegração social dos pacientes, com atividades em grupo. “Adotamos como prioridade os trabalhos que melhorem a auto-estima e a qualidade de vida dos pacientes, sempre procurando desmistificar os preconceitos tão arraigados à psiquiatria”, explicou a superintendente do complexo, Clélia Lucena de Andrade Gomes.

Ela disse que em datas comemorativas, como Carnaval, Páscoa, São João, Semana da Pátria e Natal, são realizadas atividades recreativas. “Todos esses eventos contam com a participação dos familiares, que têm importância fundamental na recuperação clínica desses pacientes”, destacou.

Além dos familiares dos internos, a sociedade também é convidada a participar das festividades realizadas no Complexo.  “Com isso, nós queremos acabar com preconceito que muitas pessoas tem em relação ao portador de distúrbios mentais e com essas festas mostramos que os internos podem muito bem viver em sociedade”, finalizou a superintendente.

 

Assessoria de Comunicação da SES/PB