João Pessoa
Feed de Notícias

Evento “Diálogo com o Setor Produtivo” promove palestra sobre gastronomia para alunos da rede estadual

segunda-feira, 14 de setembro de 2015 - 18:41 - Fotos:  Delmer Rodrigues/SEE-PB

O terceiro evento “Diálogo com o Setor Produtivo” apresentou uma palestra sobre o curso de Gastronomia para os alunos do 9° ano do Ensino Fundamental e do Ensino Médio das Escolas Estaduais Mestre Sivuca e Pedro Lins Vieira de Melo, na tarde desta segunda-feira (14). Os cursos técnicos de Gastronomia e de Vendas serão os primeiros ofertados, a partir de 2016, na Escola Técnica Estadual de João Pessoa para alunos que irão cursar o 1º ano do Ensino Médio naquele ano. Um processo seletivo será realizado para definição das primeiras turmas.

Realizado pela Secretaria de Estado da Educação (SEE), o evento “Diálogo com o Setor Produtivo” acontece todas as segundas-feiras, no auditório da Escola Técnica de João Pessoa. Nesta segunda (14), o evento contou com a presença do secretário de Estado da Educação, Aléssio Trindade, e do professor do curso de Gastronomia do Senac, Marinésio Gomes de Lucena.

Aléssio Trindade destacou a importância do Ensino Técnico para o sucesso no mercado de trabalho. “A educação profissional vinculada ao trabalho é a temática das escolas técnicas, por isso, trazemos hoje pra vocês uma palestra sobre o curso de Gastronomia, que teremos aqui no próximo ano, pois este é um setor que está em amplo crescimento em João Pessoa e vocês devem aproveitar esta oportunidade ao máximo”, destacou o secretário.

Em sua palestra, o professor e gastrônomo Marinésio Gomes de Lucena explicou o que é a Gastronomia e destacou a importância da qualificação para a inserção no mercado de trabalho. “Vocês devem aproveitar esta oportunidade porque o emprego não vai cair do céu sem qualificação, estudo e muito esforço”, explicou. Após a palestra aconteceu um debate no qual os alunos puderam tirar dúvidas com o professor.

A aluna Bruna Duarte, de 18 anos, falou da importância do evento: “Acho essa iniciativa do Governo do Estado muito interessante, porque tem muitos alunos que não se dedicam, não veem que o estudo é o nosso futuro e essa oportunidade não deve ser desperdiçada”.