Fale Conosco

22 de novembro de 2010

Evento começa nesta terça e vai até domingo



A criatividade, o design e a beleza do artesanato paraibano estarão presentes na Mãos de Minas 2010, 21ª Feira Nacional de Artesanato, que começa nesta terça-feira, 23 e vai até domingo, 28 na ExpoMinas, em Belo Horizonte, MG.

O Programa de Artesanato Paraibano da Secretaria do Turismo e Desenvolvimento Econômico do Governo do Estado levou para Minas Gerais produtos de associações e cooperativas de 16 municípios, envolvendo 1.370 artesãos de diversificadas tipologias como a renda renascença, os bordados, o labirinto, a cerâmica, a madeira, os brinquedos populares, o couro, a tecelagem, que se consolidam a cada ano com suas cores, formas e matérias-primas únicas da nossa terra.

É mais uma oportunidade que o Governo dá ao artesão paraibano de expor e vender seus produtos numa mega feira do porte do Mãos de Minas, que vai reunir cerca de 150 compradores internacionais vindos principalmente dos Estados Unidos e Europa que, segundo o departamento de exportações do Instituto Centro Cade,  deverão gerar cerca de US$ 3 milhões em contratos no decorrer dos próximos 12 meses para os artesãos de todo o Brasil.

É importante para o artesanato pensar no mercado externo, pois segundo pesquisa da Vox Populi, realizada em 2009, vender para os outros países é um ótimo negócio. O artesão que exporta tem, segundo a pesquisa, um faturamento de R$ 12 mil contra R$8.500 entre os que só vendem para o mercado nacional, além de empregar mais mão de obra.

Goretti Zenaide, da Assessoria de Imprensa do Programa de Artesanato Paraibano