João Pessoa
Feed de Notícias

Evento acontecerá no Espaço Cultural

segunda-feira, 8 de novembro de 2010 - 18:17 - Fotos: 
Cerca de R$ 4 milhões devem ser faturados entre os dias 20 e 28 deste mês durante o 1º Salão Internacional de Livros da Paraíba. O evento ocorrerá no Espaço Cultural José Lins do Rego, em João Pessoa, e deve receber a visita de 250 mil pessoas. O salão terá a presença de escritores nacionais e de mais oito países. Estados Unidos, França, Espanha, Venezuela, México, Peru, Argentina e Portugal virão expor suas obras literárias na Paraíba.

Oficinas destinadas a adultos e crianças, palestras, workshops, atrações musicais e teatrais farão parte da programação. A entrada será franca. Os visitantes poderão conhecer o salão das 10h às 22h.  

Segundo o subsecretário de Estado de Cultura, David Fernandes, o salão terá mais de 80 mil livros expostos. Serão 71 stands, 400 expositores que irão representar 500 livrarias do Brasil e dos oito países participantes. O evento terá 1.081 metros quadrados dedicados apenas à venda e apreciação das obras.

A iniciativa é do Governo do Estado, em parceria com Universidade Federal da Paraíba, Academia Paraibana de Letras, Sebrae e Ministério da Cultura. “Esta é a primeira vez que um evento desse porte ocorre em João Pessoa. A realização do Salão Internacional do Livro é um evento aguardado há mais de dez anos pela comunidade acadêmica. Nosso objetivo é incentivar a leitura e o mercado comercial literário e acredito que iremos atingir nosso propósito”, declara David Fernandes.

Autores consagrados da literatura brasileira já confirmaram presença no evento. Afonso Romário Santana, Marina Colassanti, Anaílde Antunes, Luis Fernando Veríssimo, Nélida Piñon e Ignácio Loyola Brandão estarão entre os intelectuais que virão prestigiar o salão.

David Fernandes acrescenta que as atividades são direcionadas para públicos de todas as idades. É que as atrações irão ocorrer de forma paralela durante o evento. Enquanto ocorre a exposição de livros, serão ministradas palestras, oficinas e workshops. “As crianças poderão participar das oficinas literárias infantis e, assim, pegar o hábito da leitura”, enfatiza o subsecretário.    

Nathielle Ferreira, da Secom