João Pessoa
Feed de Notícias

Evento, a ocorrer dias 5 e 6 de novembro em JP, elegerá delegados para a Conferência Nacional

segunda-feira, 21 de setembro de 2009 - 19:03 - Fotos: 

A 1ª Conferência Estadual de Comunicação, que acontecerá em João Pessoa nos dias 5 e 6 de novembro deste ano, no Espaço Cultural, vem sendo discutida em reuniões dos integrantes da Comissão Organizadora. O evento deverá mobilizar cerca de 500 pessoas de todas as regiões da Paraíba e elegerá delegados para a 1ª Conferência Nacional, que ocorrerá em Brasília nos dias 1º, 2 e 3 de dezembro.

Na tarde desta segunda-feira (21), na Secretaria de Comunicação Institucional do Governo do Estado, ocorreu a terceira reunião, mais um encontro de trabalho da Comissão Organizadora. A secretária de Comunicação e presidente do grupo organizador, jornalista Lena Guimarães, revelou que participaram das discussões os membros da sociedade civil organizada. A pauta em andamento está relacionada com as formas de organização do evento.

No próximo final de semana, o Diário Oficial do Estado (DOE) deverá publicar a portaria com todos os integrantes da Comissão Organizadora, que inclui membros da classe empresarial, dos poderes públicos e da sociedade civil. De acordo com Lena Guimarães, na próxima semana será marcada a primeira reunião com todos os 26 membros envolvidos na organização do conclave. São oito pessoas da sociedade civil, oito da classe empresarial e dez representantes dos poderes públicos. Na pauta, o regimento da 1ª Conferência Estadual de Comunicação e as Conferências Regionais que ocorrerão em algumas cidades, antes da estadual.

O assessor especializado para integração do Governo do Estado com os Movimentos Sociais, Arimatéia França, que integra o Gabinete Civil do Governador, revela que os poderes públicos, os empresários e a sociedade civil vão discutir seus papéis na comunicação e procurar democratizar os espaços no setor.

Avaliações – A presidente da Associação Paraibana de Imprensa (API), jornalista Marcela Sitônio, destacou que esta é a primeira vez que o Brasil realiza uma conferência nacional de comunicação e o momento é muito importante a partir das conferências nos estados. “Nós vamos discutir a democratização dos meios de comunicação, um assunto que interessa a toda a sociedade, não só à imprensa, mas a todos os segmentos”.

A presidente da API destacou que o Governo do Estado “tem se comportado de forma muito coerente, já publicou o decreto convocando a Conferência Estadual e tem sido importante parceiro”. Marcela solicitou que os colegas de imprensa se engajem na discussão.
O presidente do Sindicato dos Jornalistas da Paraíba, Land Seixas, afirmou que a Conferência vai traçar políticas públicas para a comunicação no País. Ele observou que se a sociedade despertou para a discussão, é porque é preciso redefinir a comunicação nacional.

Da sociedade – Na reunião realizada dia 16 deste mês, no Sindicato dos Trabalhadores em Eletricidade (Sindeletric), foram escolhidos os representantes da sociedade civil organizada. São oito membros titulares: Marcela Sitônio (Associação Paraibana de Imprensa), Land Seixas (Sindicato dos Jornalistas), Maria da Penha Araújo (Central Única dos Trabalhadores), José Moreira da Silva (ABRAÇO), Sônia Lima (LIBERTA), Sérgio Roberto Sales (Conselho Regional de Psicologia), José Felipe dos Santos (Movimento LGBT) e David Jean de Jesus (Associação Comunitária de Educação e Cultura-Cactos).

Na suplência há representantes do Centro Acadêmico de Comunicação, Diretório Central dos Estudantes da Universidade Federal da Paraíba (DCE/UFPB), Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações (SINTTEL), Novos Rumos, Grupo Mulheres Maria Quitéria, Associação Servidores IF/PB, Movimento Negro da Paraíba, Associação Recreativa e Cultural Anjo Azul.

Josélio Carneiro, com fotos de Ernane Gomes, da Secom-PB