João Pessoa
Feed de Notícias

Estudantes participam de campanha e doam dois mil frascos de vidro para Banco de Leite

quinta-feira, 15 de setembro de 2016 - 16:23 - Fotos:  Secom PB

Cerca de 20 estudantes do 9º ano do Colégio Geo Tambaú visitaram, na manhã desta quinta-feira (15),  a área técnica do Banco de Leite Anita Cabral, referência do Estado. A instituição de ensino participa desde a primeira edição da Campanha Estadual de Arrecadação de Frascos de Vidro, há seis anos e, para esta, arrecadadou dois mil frascos de vidro para o armazenamento de leite humano.

“É uma parceria muito bem vinda e que já arrecadou milhares de frascos de vidro para armazenamento de leite. Além de entregarem os frascos, os alunos participaram de atividades para compreender, na prática, o processamento do leite materno ordenhado e de como são utilizados esses frascos doados”, pontuou a diretora do Banco de Leite Anita Cabral, Thaise Ribeiro.

De acordo com a diretora, são utilizados, em média, 800 frascos por mês para armazenamento de leite em domicílio pelas mães e durante o processamento e estocagem no próprio Banco de Leite. Em virtude da rotatividade de utilização, enfrentamento de transporte e choque de temperaturas constante, os frascos se tornam perecíveis com o passar do tempo, sendo necessário renovar o estoque. “Esses frascos são os componentes responsáveis para coletar o leite humano e armazená-lo durante todo o processo – desde o momento da coleta, quando a mãe faz a ordenha em domicílio ou nas próprias instituições hospitalares, passando pelo controle de qualidade, classificação, pasteurização, armazenamento e distribuição”, explicou.

O coordenador pedagógico do Colégio Geo Tambaú, Patrício Junior, informou que os mais de dois mil vidros foram coletados em duas semanas pelos estudantes. “Há doze anos promovemos uma gincana envolvendo alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 2º ano do Ensino Médio e há seis firmamos parceria com o Banco de Leite. A arrecadação dos frascos de vidro é uma das provas da gincana e nesta edição participaram cerca de 1230 alunos”, disse ele.

Por meio das atividades, os alunos se tornam multiplicadores da ação. “Eles conversam com os pais, com amigos, com vizinhos e tudo vira um ciclo muito positivo. O vidro que, muitas vezes, iria para o lixo, pode salvar uma vida! Nós ficamos muito felizes em poder ajudar. A ação traz para o bebê o que há de melhor, que é o leite materno”, afirmou Patrício.

Nicole Cavalcanti é aluna do 9º ano no Colégio Geo Tambaú e ficou feliz em participar da campanha. “Minha mãe tinha pouco leite e só pôde me amamentar até os três meses de idade. Na época, morávamos nos Estados Unidos e lá o governo disponibiliza o leite Enfamil. Com a campanha podemos sensibilizar as pessoas sobre a importância de doar leite materno, porque ele sempre é a opção mais saudável para o bebê. Assim, mais crianças que precisam, assim como eu precisei, serão beneficiadas”, comentou.

Campanha – Em virtude do aumento significativo das doações de leite maternos nos postos de coleta e no Banco de Leite Anita Cabral, a equipe profissional observou uma quase absoluta escassez de frascos de vidros para armazenamento de leite humano na Rede de Bancos de Leite e por isso a Campanha Estadual de Arrecadação de Frascos de Vidro foi antecipada para o mês de setembro.

Os frascos utilizados como embalagem para leite humano ordenhado devem ser de vidro, boca larga, tampa plástica rosqueável, com volume de 50 ml a 500 ml, como preconizados pela Agência Nacional de Vigilância em Saúde (Anvisa) e Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz). “Todos podem contribuir na campanha! Além de estimular a consciência da importância da amamentação e da doação do leite materno, a arrecadação através das doações de frascos de vidros de café solúvel, por exemplo, é uma estratégia inteligente, de baixo custo e ecologicamente aprovada, pois contribui com a natureza, no que diz respeito à diminuição de lixo”, enfatizou Thaíse.

Parceria – Os bancos e os postos de coleta do estado já iniciaram visitas em escolas públicas e privadas para estimular a organização de gincanas que incentivem os alunos ao trabalho coletivo, sensibilizando-os quanto à necessidade de participar da campanha arrecadando frascos de vidro. Ao mesmo tempo, incita a importância do valor da amamentação para um crescimento saudável e da doação de leite humano.

Rede de Serviços – Na Paraíba são coletados 600 litros de leite por 500 doadoras e são beneficiados mais de 440 bebês por meio da distribuição de 400 litros de leite, mensalmente. João Pessoa é responsável por 50% da demanda dos serviços em Banco de Leite Humano, com mais de 330 litros de leite doados, mensalmente, por meio de 250 doadoras, beneficiando mais de 220 receptores, com mais de 180 litros de leite distribuídos.

Doação – Para ser doadora é só entrar em contato com o banco de leite ou posto de coleta mais próximo e passar os dados. O serviço de Rota Domiciliar vai até a residência da doadora e entrega o Kit Doação (frascos de vidro esterilizado, luvas, gorro e máscara). Além disso, os serviços prestarão todas as orientações necessárias para o correto armazenamento. O telefone do Centro Estadual de Referência para Bancos de Leite Humano Anita Cabral é (83) 3215-6047.

Se a mãe desejar fazer o armazenamento de leite imediatamente, em casa, basta seguir algumas regras: lavar bem as mãos até os cotovelos com água e sabão, prender os cabelos, colocar um lenço sobre a boca (para evitar gotículas de saliva sobre o leite) e o vidro com tampa de plástico seco e já fervido por 15 minutos. Deve-se realizar a extração de leite dentro do vidro, desprezando os primeiros jatos. Após a retirada do leite, coloca-se o frasco fechado no congelador, com validade de 15 dias congelado.

Para a utilização do leite congelado deve-se descongelá-lo em banho maria a 40°C e usá-lo imediatamente. A conservação do leite descongelado só deve ser feita nas 12 horas seguintes em refrigerador.

Segurança – O leite doado é processado e analisado por laboratórios, certificados pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), o qual garante a inativação dos protozoários, vírus, fungos e bactérias patogênicas, oferecendo ainda a informação de todas as características físico-químicas, tais como grau de acidez, quantidade de gordura e maturidade do produto. Isso garante que cada receptor atendido receba o leite específico para seu quadro clínico, além disso, esses laboratórios são reconhecidos internacionalmente pela sua excelência em padrão de qualidade.