João Pessoa
Feed de Notícias

Estudantes do IFPB conhecem experiência da gestão penitenciária da Paraíba

quinta-feira, 19 de setembro de 2013 - 19:05 - Fotos: 

Aplicações estratégicas táticas e operacionais desenvolvidas pela Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) foi o tema da palestra ministrada pelo Secretário de Administração penitenciária Wallber Virgolino, na manhã desta quarta-feira (18), para os estudantes do curso de administração pública, que é oferecido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB).

O evento, intitulado ‘Aplicações administrativas em organizações públicas’, também contou com palestras como ‘Sistema Penitenciário da Paraíba – Diagnóstico e Perspectivas’, ministrada pelo gerente executivo do Sistema Penitenciária (Gesipe), coronel Arnaldo Sobrinho e ‘Ressocialização – Algumas considerações’, apresentada pela gerente de Ressocialização da Seap, Ziza Maia.

Na ocasião, houve uma apresentação com os cães do Grupo Penitenciário de Operações com Cães (GPOC-PB), a presença de agentes da Gesipe e uma tenda com as bonecas de pano produzidas no Presidio de Recuperação Feminina Maria Júlia Maranhão.

O diretor do Campus do IFPB em João Pessoa, Joabson Nogueira, deu as boas vindas aos participantes: “Nós estamos formando os futuros gestores para as organizações e é importante que vocês saibam da complexidade da gestão, especialmente a pública, a exemplo da gestão penitenciária, por isso eu agradeço profundamente a participação de vocês nesta aula”. 

Durante a sua explanação, o secretário de Administração Penitenciária, Wallber Virgolino, ressaltou que para gerir de forma concreta e com resultados é necessário a mudança de mentalidade: “O pensamento de quem gere deve ser no macro em detrimento dos anseios particulares. Com muito esforço, estamos conseguindo colocar o sistema prisional do Estado da Paraíba no cenário nacional, com ações positivas e de baixo custo. Estamos humanizando e tratando todos de forma igualitária”. Ao final da palestra, Virgolino salientou: “O segredo de um grande sucesso está no trabalho em equipe, onde cada integrante cumpre o seu papel da melhor forma”.

O coordenador da Gesipe, coronel Arnaldo, enfatizou que, durante uma crise, o gestor deve enxergar a mudança, seja para o melhoramento do sistema como um todo ou no gerenciamento de uma determinada demanda. E acrecentou: “Entretanto, há de se ter em mente que o planejamento estratégico das ações é essencial para a obtenção do êxito”. O coronel Arnaldo falou também de metas de redução do déficit carcerário, contenção qualificada, garantias de direitos humanos e controle social, programas de ressocialização, assistência jurídica, tratamento das informações do sistema prisional e racionalização dos recursos.

A gerente Executiva da Ressocialização, Ziza Maia, falou da sua experiência à frente da gerência, afirmando que “a sociedade precisa perceber que a custódia é dever do Estado, entretanto a ressocialização e reinserção ao convívio social são responsabilidades de todos nós”. Em seguida, ela apresentou as ações do Projeto ‘Cidadania é Liberdade’, dividido nos eixos educação, saúde, trabalho, família, cultura e esporte.