João Pessoa
Feed de Notícias

Estado viabiliza criação de 1.200 empregos em Campina Grande

terça-feira, 5 de fevereiro de 2013 - 19:11 - Fotos:  Francisco França / Secom-PB

Campina Grande vai ganhar mais um call center, que estará em funcionamento no segundo semestre deste ano. O governador Ricardo Coutinho e o diretor de Operações da  Orbitall Serviços e Processamentos, Cláudio Liguanotto Chiarle,  assinaram  na tarde desta terça-feira (5), no Palácio da Redenção, protocolo de intenções para implantação da empresa em Campina Grande, que vai gerar 1.200 empregos diretos em dois anos.

Criada em 2000 em São Caetano do Sul (SP), a Orbitall é uma das maiores processadoras de cartões e de serviços de operações financeiras do Brasil. O grupo está investindo R$ 6 milhões para implantação do seu primeiro call center no Nordeste.  O plano da empresa é iniciar as instalações no mês de março e começar a operar em julho deste ano.

O governador Ricardo Coutinho destacou o trabalho de atração de empresas prestadoras de serviços que o Estado tem feito. “Os investidores podem ficar tranqüilos porque existe um ambiente muito propício na Paraíba para o sucesso dos seus negócios. O que depender do Estado e da Prefeitura de Campina Grande será feito para assegurar a abertura deste empreendimento e, conseqüentemente, gerar  mais empregos para nossos jovens. Seremos bons parceiros”, garantiu Ricardo.

O governador apontou fatores que têm ajudado Campina Grande a receber esses novos empreendimentos, como a oferta de mão de obra qualificada, e os incentivos e investimentos em infraestrutura realizados pelo Estado, a exemplo da implantação de uma rede óptica em João Pessoa, que até 2014 chegará a Cajazeiras interligando órgãos públicos e instituições de ensino e pesquisa.

O diretor de operações da Orbitall, Cláudio Liguanotto Chiarle, afirmou que a empresa optou em se instalar na Paraíba pela oferta de mão de obra qualificada no segmento e pelo destaque de Campina Grande como um pólo universitário e tecnológico. “Outro fator determinante para a escolha da empresa foram a vontade e a determinação do Governo do Estado em viabilizar a vinda do investimento para Campina Grande. Será a partir daí que a empresa pretende se consolidar na região Nordeste”, garantiu.

Operações financeiras –O diretor da empresa afirmou que nesta primeira etapa, que consiste na instalação do Call Center, pretende gerar empregos para estudantes de cursos de engenharia, ciências da computação, administração e economia. No segundo momento, com a ampliação dos serviços financeiros, a meta é  aproveitar esses profissionais e outros de áreas mais técnicas. “Esta segunda etapa requer uma mão de obra mais qualificada, que representa também salários maiores. Muitos dos estudantes universitários que estiverem na empresa serão aproveitados posteriormente”, revelou.

O secretário executivo de Indústria e Comércio, Marcos Procópio, presente à audiência, afirmou que a garantia de mais este call center para Campina Grande abre a perspectiva de consolidação do município como um pólo de serviços. “Estamos gerando empregos e renda para milhares de jovens que estão iniciando sua vida profissional”, completou.

A audiência para a assinatura do protocolo também contou com as presenças do vice-governador, Rômulo Gouveia , da gerente administrativa da Orbitall, Ivete de Menezes, e da gerente de Operações, Cátia Margato,  dos secretários de Planejamento, Gustavo Nogueira, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Renato Feliciano, Finanças, Aracilba Rocha, Receita, Marialvo Laureano, e da presidente da Cinep, Tatiana Domiciano.