João Pessoa
Feed de Notícias

Estado renova toda a sua malha rodoviária até março deste ano

segunda-feira, 18 de janeiro de 2010 - 19:46 - Fotos: 
O Governo do Estado investiu cerca de R$ 31 milhões na recuperação de rodovias estaduais em 2009. Mais de cinco mil quilômetros de estradas receberam obras de recapeamento, limpeza,  drenagem, roçada manual e serviços de tapa buraco. Os recursos vieram do Tesouro Estadual e a meta do Departamento de Estradas de Rodagem (DER) é recuperar toda a malha rodoviária estadual até março deste ano.

O superintendente do órgão, Solon Diniz, explica que a operação ‘Tapa Buraco’, iniciada em maio do ano passado, está atuando em dez frentes de trabalho e já recuperou a maioria das estradas da Paraíba. De maio até dezembro de 2009, foram usadas 600 toneladas de emulsão asfáltica.

Para executar as obras, o DER ainda precisou contratar mão de obra terceirizada e adquirir novos equipamentos. No entanto, há apenas três trechos na Paraíba que ainda não foram recuperados. São eles: São Bentinho/Coremas, Brejo das Feiras/Triunfo e Brejo da Cruz/Belém do Brejo de Cruz.

De acordo com Solon, essas áreas já estão em obras e a previsão é que as atividades sejam concluídas até o final de fevereiro. Os serviços estão sendo realizados pela própria equipe do DER. O superintendente explica que o órgão teve que assumir os trabalhos porque as empresas contratadas para executar a recuperação abandonaram a obra, sem nem ter iniciado os reparos.

“A Secretaria de Estado da Infraestrutura realizou uma licitação para contratar empresas e recuperar esses trechos em caráter de urgência, mas as firmas não executaram o serviço. Por isso, o DER assumiu o trabalho. Estamos usando pessoal e equipamentos próprios”, salientou.

Abandono – Quando assumiu a superintendência do DER, em março do ano passado, Solon Diniz mandou fazer um levantamento sobre a situação das estradas da Paraíba e descobriu que a maioria da malha rodoviária estava em péssimas condições de uso. De acordo com ele, o Estado tem cerca de cinco mil quilômetros de rodovias sob a responsabilidade do governo estadual. Destas, só a metade é asfaltada. A outra parte, que é pavimentada, estava em estado de abandono.

“Além de estradas esburacadas, encontrei o DER sem combustível, com equipamentos sucateados e sem material para fazer o asfalto. Foram necessários uns 90 dias para concluir a licitação e adquirir tudo isso”, lembra o superintendente.

No final de maio, o departamento iniciou a operação “Tapa Buraco” que já recuperou mais de 90% das estradas. “Até fevereiro teremos concluído a recuperação em toda a malha rodoviária do Estado, mas iremos continuar com a operação para fazer serviços de manutenção. Assim que formos informados de algum novo buraco na pista, enviaremos uma equipe lá para fazer o reparo”, informa Sólon Diniz.

Trechos em obras – Além dos trechos que estão sendo recuperados pela operação “Tapa Buraco”, o DER ainda contratou outras empresas para realizar a pavimentação em cinco trechos, restaurar outros oito pontos das rodovias e construir três pontes e um aeródromo. Ao todo, são 22 áreas da malha rodoviária em obras. Veja a relação:

Duplicação
BR-230: João Pessoa / Campina Grande

Pavimentação
PB 071: Jacaraú / Divisa PB-RN
PB 214: Sumé / Congo
PB 312: Entrada BR-362 / Emas
Acesso ao Cristo Redentor de Itaporanga
Acesso à Guaraves em Guarabira

Restauração
PB-057: Mamaguape / Araçagi
PB-087: Pilões / Areia
PB-325 : Catolé do Rocha / Divisa PB- RN (Patu)
PB-306: Maturéia / Princesa Isabel
Acesso Oeste ao Terminal Rodoviário de João Pessoa
Ponte sobre o Rio Paraíba em Itabaiana
Ponte da Batalha (Santa Rita / Cruz do Espírito Santo)
Ponte sobre o Rio Preto (Santa Rita/Cruz do Espírito Santo)

Em construção
Ponte sobre o Rio da Cruz em Patos
Ponte de Fagundes (BR-230 / Fagundes)
Ponte de Aguiar (Aguiar / Coremas)
Bueiro de Carrapateira (Carrapateira / São José de Piranhas)
Aeródromo de Cajazeiras

Nathielle Ferreira, da Secom-PB