João Pessoa
Feed de Notícias

Estado investe acima do estipulado por lei em Educação

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010 - 12:15 - Fotos: 
O secretário de Estado da Educação e Cultura Francisco de Sales Gaudêncio disse, nesta quinta-feira (02), que a Paraíba tem conseguido avanços significativos na Educação. Isso se deve aos investimentos de 29,37% que o Estado fez na área no ano de 2009, acima do estabelecido por lei que é de 25% do orçamento. Até novembro de 2010, o Estado investiu 25,83%.
O secretário comentou que as últimas informações divulgadas pela ONG Todos pela Educação, colocando a Paraíba em segundo lugar entre os Estados que menos investem em Educação Básica por aluno, não trata apenas da rede estadual, mas inclui as redes municipais e privadas, portanto a administração estadual não pode ser responsabilizada pelos números negativos apontados na pesquisa.
   
O Movimento Todos Pela Educação tem como objetivo melhorar a Educação Básica Pública, até o ano de 2022, ano do bicentenário da Independência do Brasil. Para isto estabeleceu cinco metas. Segundo os dados da pesquisa, nenhum Estado da Federação atingiu todas as metas. Em relação ao atendimento escolar de 04 a 17 anos, a meta a ser atingida pela Paraíba é de 92,9% e o observado é de 92,4%. 
Conforme o estudo, no Brasil nove estados não atingiram as metas propostas para 2009 e a Paraíba não está nesse grupo. Com relação ao Ensino Médio a Paraíba está entre os sete que alcançaram os objetivos propostos entre os 20 estados avaliados. Ainda segundo dados da pesquisa, a Paraíba, assim como a maioria dos Estados está dentro do intervalo de confiança do indicador em 2009, sendo que 46,2% dos jovens de 16 anos concluíram o Ensino Fundamental e 30,6% dos jovens de 19 anos concluíram o Ensino Médio.
O secretário ressaltou que o governo da Paraíba na rede pública estadual cumpriu o que determina a Constituição e que os investimentos em Educação tem aumentado no Estado. Ele ressaltou também que o apoio do Governo Federal vem sendo importante, pois sempre que necessita de recursos para realização de programas tem recebido. 
 Janildes Andrade, Assessoria de Imprensa da SEEC