João Pessoa
Feed de Notícias

Estado e município implementam ações para inaugurar Trauma em CG

quinta-feira, 11 de março de 2010 - 14:29 - Fotos: 
Com a aproximação do início das atividades do Hospital de Emergência e Trauma de Campina Grande, os setores de saúde do município e do Estado já começam a implementar ações e traçar planos para a inauguração do equipamento e sua entrega em total funcionamento para a região da Borborema e algumas cidades de estados vizinhos à Paraíba.

Neste sentido, a secretária de Interiorização da Ação do Governo, Ana Cláudia Nóbrega, recebeu em audiência na manhã desta quinta-feira (11) os secretários de Saúde, José Maria de França (Estado), Metuzelá Agra (Campina Grande),  o diretor do Hospital Regional de Campina Grande, João Menezes, além do assessor Especial da Secretaria Estadual de Saúde, Stanislau Barbosa; diretor do Hospital de Trauma de João Pessoa, José Carlos Freitas Evangelista, e a diretora do Hemocentro de Campina Grande, Graça Teixeira.

Eles estiveram reunidos para discutir ações de parceria para a abertura do Hospital de Trauma de Campina Grande, cujo início do funcionamento está previsto para o mês de junho próximo. Segundo o secretário José Maria França, a reunião com a secretária Ana Cláudia foi  para implementar uma rede de atendimento entre os hospitais de João Pessoa e da Rainha da Borborema, assim como a transição do Hospital Regional para o Trauma, que vai receber toda a mão de obra e alguns equipamentos. José Maria informou que o governador José Maranhão tem cobrado diariamente o cumprimento do cronograma da obra.

Ele disse, ainda, que até o mês de maio toda a estrutura física do hospital estará concluída e começará, então, a fase de montagem dos equipamentos, que já foram adquiridos e alguns deles já estão chegando à cidade. O custo para a conclusão da obra está estimado em R$ 105 milhões, enquanto que mais R$ 50 milhões estão sendo gastos na compra do maquinário. “Esta obra é uma prioridade do Governo José Maranhão e a população precisa do hospital”, enfatizou José Maria.

José Maria disse que os primeiros funcionários do Hospital de Trauma de Campina Grande serão os que hoje atuam no Hospital Regional, depois serão chamados os concursados do setor e que esperam vaga. Em seguida, uma empresa terceirizada vai implementar a seleção e contratação de mais 800 pessoas para completar o quadro de pessoal da nova casa hospitalar. Além do Hospital de Trauma de Campina, o Governo do Estado está implementando o funcionamento de outros 35 hospitais na Paraíba, que estavam precisando de reforma, conclusão ou de equipamentos. Estes hospitais deverão ser entregues a população até o mês de junho próximo. Entre eles, estão o da cidade de Queimadas, Itabaiana, Patos, São Bento e Itapororoca, entre outros.

Saúde em Campina Grande – Na mesma linha de raciocínio da Secretaria Estadual da Saúde, o secretário da Saúde de Campina Grande, Metuzelá Agra, disse que hoje o Hospital de Trauma é uma necessidade de toda a região e vai atender a uma demanda muito grande de pacientes, em todas as especialidades. Somente como exemplo, ele citou que o hospital terá 240 leitos, seis salas cirúrgicas e vai receber pacientes dos hospitais da FAP e Pedro I, já que será formada uma cadeia hospitalar agrupando João Pessoa, Campina Grande e várias cidades da região do Compartimento da Borborema.
 
“Campina Grande vai ser piloto de toda essa rede hospitalar, que pretende atender a população exatamente da forma que preconiza o Sistema Único de Saúde, de forma humanizada e num ambiente acolhedor”, disse Metuzelá Agra. Quanto ao destino do atual Hospital Regional, ele informou que estão sendo mantidos contatos com o Ministério da Saúde no sentido do mesmo ser transformado em um Hospital da Criança para atender a grande demanda existente atualmente.

Interiorização
– Já a secretária Ana Cláudia Nóbrega destacou a importância da parceria que está sendo cada vez mais forte entre os órgãos do município e do Estado, no sentido de fazer funcionar bem todos os setores da administração estadual. Ela disse, também, que está satisfeita  com o fato de praticamente todas as semanas manter audiências com secretários estaduais, que se deslocam até Campina Grande para tratar de ações governamentais em prol do povo paraibano.
 
Ela disse que a audiência com os secretários de Saúde, nesta quinta-feira, foi muito positiva e que esse trabalho vem sendo feito com todos os setores e tem dado excelentes resultados, o que tem deixado o governador Maranhão muito satisfeito. Também nesta semana, ela esteve reunida com diretores e representantes do setor de transporte local e estadual. Várias outras audiências já estão marcadas para os próximos dias, sempre com o objetivo de implementar as ações do Governo do Estado na região e atender aos apelos da comunidade.

Ana Cláudia disse, ainda, que esse tipo de comportamento é sempre cobrado pelo governador José Maranhão, que quer de todos os seus assessores muito trabalho, determinação e dinamismo para que todos os problemas sejam resolvidos de forma satisfatória e da maneira mais rápida possível.  “Esta interação entre os secretários é fundamental para o bom andamento das ações do Governo”, completou Ana Cláudia.
 

Apolinário Pimentel, da Secom-CG