João Pessoa
Feed de Notícias

Espetáculos folclóricos serão atrações deste final de semana no XI Salão de Artesanato

quarta-feira, 30 de dezembro de 2009 - 12:44 - Fotos: 

As atividades do XI Salão de Artesanato Paraibano serão suspensas nesta quinta-feira (31) e sexta-feira (01), mas serão retomadas integralmente no sábado (02) com espetáculos regionais, no horário das 15h às 22 horas, diariamente, no Espaço Cultural. A gestora do Programa de Artesanato, Marielza Araújo, acredita que a diversidade da produção artesanal dos paraibanos tem atraído um grande público ao evento que vai até o dia 17 de janeiro. Serão 26 dias de vendas de produtos vindos de todas as regiões do Estado.

Estão expostos redes, mantas, cerâmicas, rendas renascença, peças de crochê e de labirinto, borbados, cestos e enfeites de fibras, roupas de algodão colorido, artigos de decoração de madeira entalhada, além de comidas regionais e produtos alimentícios como mel, cachaça, castanha e pimenta, oriundos do agronegócio desenvolvido nas regiões do Cariri, Sertão, Agreste, Brejo e Litoral.

Segundo Marielza, o artesanato é valorizado pela população local, assim como pelos turistas. Ela deu números que confirmam este fato: no domingo que antecedeu o Natal, mais de 4.500 visitantes estiveram no Salão de Artesanato. Além disso, o turista que é transportado pelas quatro vans que passam nos hotéis instalados na orla marítima de João Pessoa, quando vão para o evento estão decididos a comprar e levar o produto regional. “ O Salão cresceu muito”, comenta Marielza Araújo.

O algodão colorido é uma marca da Paraíba. Esta matéria prima tem sido utilizada em vários produtos. Segundo a gestora do Programa de Artesanato, embora o produto seja oriundo de Campina Grande, atualmente, o uso está disseminado em várias regiões da Paraíba e em João Pessoa, mais de 20 confecções e mais de 40 artesãos trabalham com o algodão colorido.

“Muitas peças são confeccionadas com o algodão colorido acrescentando complementos e acessórios de renda renascença, macramê, crochê, o que gera maior valor agregado”, explica a coordenadora, observando que tanto os turistas como os paraibanos estão comprando bastante os produtos que têm o algodão colorido como matéria prima.
 
Outras atrações
          
O artesanato é um produto cultural e dentro do Salão de Artesanato também a cultura popular está em evidência com a apresentação de grupos folclóricos que servem de atração e entretenimento. No sábado (02) haverá show do Grupo Folclórico do Serviço Social do Comércio (Sesc) de João Pessoa, com as danças regionais. No domingo (03) será a vez do Forró do Gavião. 
       
Responsabilidade social

         
Quem vai ao Salão do Artesanato pode contribuir para os idosos da Associação de Erradicação da Mendicância (AMEM), instalada na Estrada de Cabedelo. Foram disponibilizadas três urnas, onde o visitante pode deixar uma pequena importância em dinheiro (em moeda ou cédula) para ser levada à Instituição. É uma forma de colaborar com a entidade que abriga pessoas carentes.

Para os turistas – Quatro vans circulam entre os hotéis da Orla de João Pessoa para transportar, gratuitamente, os turistas ao Salão de Artesanato
Horário de funcionamento: Das 15h às 22 horas, diariamente

Comida regional – Cuscuz com carne de sol, cuscuz com nata, tapioca, cachorro quente, queijo coalho e doces.

Na bodega – Cachaça, arroz vermelho, mel de Jacaraú, castanha e pimenta

Números do Salão de Artesanato

De R$ 25.000,00 a  R$ 30.000,00 é o volume médio de  vendas
4.500 artesãos são beneficiados pelo evento
465 artesãos estao presentes no Espaço Cultural
60 artesãos atuam na área de Gastronomia
Mais de 40 mil pessoas já visitaram o Salão
 

Naná Garcez, com fotos de Ernane Gomes, da Secom-PB