João Pessoa
Feed de Notícias

Espetáculos convidados abrem 17ª Mostra de Teatro, Dança e Circo

sábado, 3 de novembro de 2012 - 10:58 - Fotos:  Vanivaldo Ferreira

A Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) abriu, na noite dessa sexta-feira (2), a 17ª Mostra Estadual de Teatro, Dança e Circo, no Theatro Santa Roza. Realizado anualmente, o evento é um dos mais importantes do calendário artístico-cultural do Estado.

Em seu discurso de abertura, a presidente da Funesc, Lu Maia, ressaltou que a importância do evento não está apenas na quantidade de pessoas que participam e são beneficiadas com as atividades. “A mostra carrega a importante missão de apresentar a Paraíba aos paraibanos pela encenação do teatro, expressão da dança e o riso do circo, arte que é novata no evento”.

O secretário de Estado de Cultura, Chico César, participou da abertura saudando os artistas e o público. Em seu discurso, citou nomes como o do teatrólogo Fernando Teixeira como referência na cultura paraibana. Referiu-se ao artista como ‘homem de fibra’ do teatro paraibano.

Depois da solenidade oficial, integrantes do Núcleo de Pesquisa do Trabalho do Ator (Nupta) encenaram jogos teatrais sob coordenação do professor Everaldo Vasconcelos e interagindo com a plateia. O espetáculo “D’Repente” compartilhou com o público temas como corrupção, sexo, carinho, amor.

Em seguida, o espetáculo de dança “Encontro Oposto – Três Movimentos em um Ato”, da companhia Ivaldo Mendonça em Grupo, de Recife (PE), se apresentou no palco do Theatro Santa Roza. O grupo instrumental Baião de Três fechou a noite de abertura do evento.

Até sexta-feira (10), 21 espetáculos serão apresentados. Do total, 14 fazem parte da mostra oficial (não competitiva) e outros sete da mostra paralela (competitiva). As apresentações começam sempre às 19h30. Os espetáculos serão encenados em dois locais – no palco principal, se apresentam os grupos da mostra oficial e no pátio do Bar dos Artistas, os da paralela. Toda a programação é gratuita.

A 17ª Mostra Estadual de Teatro, Dança e Circo é realizada pelo Governo do Estado da Paraíba por meio da Secretaria de Estado da Cultura (Secult) e Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc).

Homenagens – Este ano, o evento presta homenagens a quatro nomes da cultura paraibana. Na dança, a homenagem é para Maurício Germano, da Produção Cia de Dança e coreógrafo do Balé Popular da UFPB. Como representante da arte circense, o homenageado é o Major Palito, popular na cidade de Campina Grande. No teatro, a homenagem é póstuma, ao teatrólogo Elpídio Navarro, falecido no dia 17 de julho deste ano. Além desses três nomes, mais um artista recebe as honrarias do festival. Trata-se do bailarino e professor José Enoch, que é o homenageado especial da Mostra Estadual de Teatro, Dança e Circo.

Mostra competitiva – Os espetáculos selecionados para a Mostra Paralela serão avaliados por meio de votação diária de júri popular. Os 100 primeiros espectadores de cada apresentação receberão cédulas para votação. As decisões da curadoria serão definitivas e não caberá recurso.

Os dois espetáculos que obtiverem melhores votações receberão prêmio em dinheiro no valor bruto de R$ 2.500, considerando as deduções previstas em Lei.

 

Confira programação completa

 

DIA 03/11- Sábado
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Dança: Casulo (Ensaio Cia. de Dança-Teatro – João Pessoa)
21h30 – Espetáculo de Circo: Clown Bar (NEECO – Núcleo de Estudos e Experimentação do Cômico – João Pessoa)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Participação especial – Grupo de Teatro Universitário (UFPB) apresenta Oficina Beckett: Esperando Gontarski. Coordenação do prof. Everaldo Vasconcelos
DIA 04/11 – Domingo
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Circo: Circo Arlequin (Trupe Arlequin de Circo Teatro – João Pessoa)
21h30 – Espetáculo de Teatro: Me conta que eu faço de conta (Grupo Cênico Recreio Dramático – Areia)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Espetáculo de Teatro: Auto da Compadecida (Grupo de Teatro Circo Sem Pano – João Pessoa)
DIA 05/11 – Segunda-feira
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Dança: Ambiguidades / Pequenas coisas a serem ditas (Produções Cia. de Dança – João Pessoa)
21h30 – Espetáculo de Teatro: Flor de Macambira (Grupo Ser Tão Teatro – João Pessoa)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Espetáculo de Dança: Experimento Pina (Paralelo Cia. de Dança – João Pessoa)
DIA 06/11 – Terça-feira
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Dança: Cabeça de Lagartixa, um outro olhar sobre mim (Contexto Cia. de Dança – João Pessoa)
21h30 – Espetáculo de Teatro: Última Estação (Companhia do Rosário e Grupo Renascer – Campina Grande)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Participação especial – Espetáculo de Teatro: Deus, Zeus, Sei lá (Moca – Movimento de Cultura Artística – João Pessoa)
DIA 07/11 – Quarta-feira

 

MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Teatro: Como se fosse [im]possível ficar aqui (Pinel – Núcleo de Pesquisa e Experimentação Teatral – Campina Grande)
21h30 – Espetáculo de Dança: Nuances (Let’s Go Grupo de Dança – Campina Grande)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Espetáculo de Teatro: Macunaíma, Imagens de um herói sem nenhum caráter (Boiúna Luna – João Pessoa)
DIA 08/11 – Quinta-feira
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Teatro: Marque V ou F nos poemas de amor (Cia. diversos brincantes – João Pessoa)
21h30 – Espetáculo de Dança: A deusa que há em mim (Cenário Cia. de Dança – João Pessoa)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Espetáculo de Teatro: Fragmentos de Um Sol Quente (Núcleo de Artes Cênicas da Estação Cabo Branco Ciência, Cultura e Artes – João Pessoa)

DIA 09/11 – Sexta-feira
MOSTRA OFICIAL:

19h30 – Espetáculo de Teatro: O Menino Catador de Histórias (Grupo Teatral Sala Verde – Cabedelo)
21h30 – Espetáculo de Teatro: Bulir ou Não Bulir? (Cia. de Teatro Encena – João Pessoa)
MOSTRA PARALELA:

20h30 – Espetáculo de Dança: Nau Q Cirandô (Tap Arretado – Lucena)
DIA 10/11- Sábado
19h00 – Premiação Mostra Paralela

19h00 – Homenagens

20h00 – Espetáculo de Teatro convidado: Efemérico (Cia. Sírius – João Pessoa)
22h00 – Show de Encerramento: Sonora Sambagroove (João Pessoa)
OFICINAS DA MOSTRA:

 

TEATRO:
OFICINA: A reconstrução do jogo ritualístico no Teatro Contemporâneo

OFICINEIRO: HERÊ AQUINO (Fortaleza – CE)

DIA: de 5 a 7 de novembro

HORA: das 9h às 12h

LOCAL: Theatro Santa Roza
DANÇA:
OFICINA: Si ocê Quizé vem 2

OFICINEIRO: RUI PEREIRA DOS SANTOS (Belo Horizonte – MG)

DIA: de 5 a 8 de novembro

HORA: das 8h às 10h

LOCAL: Escola de dança do Theatro Santa Roza
OFICINA: Corpo Provisório

OFICINEIRO: JOSÉ CLÉBIO G. DE OLIVEIRA (Natal – RN)
DIA: de 5 a 9 de novembro

HORA: das 10h às 12h

LOCAL: Escola de Dança do Theatro Santa Roza
CIRCO:
OFICINA: O Circo e a segurança

OFICINEIRA: VANDA JACQUES (Rio de Janeiro – RJ)

DIA: de 3 a 5 de novembro

HORA: das 8h as 12h

LOCAL: Teatro de Arena do Espaço Cultural
RODAS DE CONVERSA:

 

CIRCO:
Dia 05/11 das 15h às 17h

Provocadora: Vanda Jacques (Rio de Janeiro – RJ)

Tema: O Teatro-Circo
TEATRO:
Dia 08/11 das 15h às 17h

Provocadores: HERÊ AQUINO (Fortaleza – CE)

FERNANDO TEIXEIRA (João Pessoa – PB)

Tema: O Teatro paraibano no contexto do Teatro nordestino
DANÇA:
Dia 10/11 das 15h às 17h

Provocadores: JOSÉ CLÉBIO G. DE OLIVEIRA (Natal – RN)

LUIZ ROBERTO DA SILVA (Recife – PE)

Tema: A Dança nordestina no cenário brasileiro