Fale Conosco

18 de julho de 2012

Espetáculo marca encerramento do curso de teatro da Funesc



OLYMPUS DIGITAL CAMERACom um elenco de 22 atores, a Coordenação de Artes Cênicas da Fundação Espaço Cultural da Paraíba apresenta, nos dias 28 e 29 de julho, a comédia “Deus Zeus Sei Lá”. O texto é uma adaptação livre do diretor Roberto Cartaxo da obra de Woody Allen, “Deus”, extraída do livro “Sem Plumas”. A montagem é resultado do curso de formação de ator oferecido pela Funesc. A turma, que teve início em agosto, encerra o período com a estreia do espetáculo. As apresentações acontecerão às 20h, no Teatro Paulo Pontes com entrada gratuita.

O objetivo do espetáculo é avaliar o aprendizado dos alunos que frequentaram o curso nos últimos oito meses. Ele também proporciona o contato com o espaço cênico e seus equipamentos e possibilidades na montagem de uma peça. Com a atividade, os novos atores podem se profissionalizar junto ao Sindicato dos Artistas e Técnicos em Espetáculos de Diversões (Sated) após avaliação de suas potencialidades.

Ao longo de sua existência, enquanto projeto de formação de público de teatro e atores iniciantes, a oficina de teatro vem atendendo à demanda e colocando no mercado atores e atrizes como Márcio Tadeu, Alexandro Tchê, Antônio Deol, Flávio Lira, Ingrid Trigueiro, Chico Régis, William Muniz, entre outros. O próximo curso já está com as inscrições abertas. As matrículas são gratuitas e até o momento já existem mais de 120 alunos cadastrados para a turma que terá início em 10 de agosto.

Sinopse – “Deus Zeus Sei Lá” é uma adaptação livre da peça “Deus”, de Woody Allen, publicada no livro “Sem Plumas”. O texto reflete questões filosóficas e metafísicas como a existência de um Deus, do ser humano, do livre arbítrio, doenças físicas e mentais da humanidade. Tudo isso com muito humor.

O espetáculo conta a história de 20 atores em busca de um final para seu espetáculo a três dias do maior festival de teatro de Atenas. No decorrer da peça, os personagens vão surgindo e trazendo questionamentos e sugestões para o final da peça. Cada uma sempre mais idiota do que a outra e, com isso, aumentando o desespero do diretor que quer vencer o festival a todo custo. Até que uma aparição de Zeus trazida por um dos atores deixa todos eufóricos.

Serviço:

Espetáculo “Deus Zeus Sei Lá”, adaptação da obra de Woody Allen
Direção: Roberto Cartaxo
Data: 28 e 29 de julho
Hora: 20h
Local: Teatro Paulo Pontes / Espaço Cultural
Realização: Funesc / Secult