João Pessoa
Feed de Notícias

Espetáculo encerra programação do Dia Mundial do Teatro e Nacional do Circo na Paraíba

domingo, 29 de março de 2015 - 10:11 - Fotos:  Divulgação

Em uma feira livre onde se pode identificar referências de várias culturas e países, dois personagens são capazes de prender a atenção do público durante uma hora inteira. Com o mínimo de diálogo, truques de mágica e humor o espetáculo pernambucano “Haru – A Primavera do Aprendiz” encerrou, nesse sábado (28), a programação comemorativa do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo na Paraíba. A apresentação, que aconteceu no Teatro Paulo Pontes do Espaço Cultural, em João Pessoa, foi encenada pelos atores e mágicos Rapha Santacruz e Sóstenes Vidal .

No cenário inspirado na famosa Feira de Caruaru, um jovem busca se superar na arte do ilusionismo, recorrendo à orientação de um mestre. Mágica e teatro se unem em um jogo cênico de poucas palavras que aposta em uma linguagem híbrida. Com a plateia formada por crianças e adultos, a peça encantou pela curiosidade dos truques e interação dos atores em cena.

Ao final da apresentação, os atores participaram de um debate com o tema ‘Teatro para a Infância e Juventude’, mediado pela atriz e diretora Valeska Picado.

Sobre o evento – A programação comemorativa do Dia Mundial do Teatro e Dia Nacional do Circo teve início na quarta-feira (25), com seu ponto alto na sexta-feira (27), quando 12 cidades de diferentes regiões do Estado receberam apresentações simultaneamente. Ao todo, foram 16 espetáculos espalhados pelos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Alagoa Grande, Areia, Bananeiras, Cajazeiras, Conde, Cuité, Guarabira, Monteiro, Pombal e Sousa.

O evento, que terminou nesse sábado, foi realizado pelo Governo do Estado, por meio da Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc) com apoio das prefeituras que acolheram as atrações.

É a quarta edição do evento que tem como característica a circulação de grupos e a abrangência, já que os municípios foram escolhidos de maneira estratégica para que polarizassem diferentes regiões do Estado, possibilitando que a população de cidades circunvizinhas também assistisse às apresentações. Além de grupos paraibanos, este ano a programação trouxe atrações do Rio de Janeiro (RJ), Itapipoca (CE) e Recife (PE).