João Pessoa
Feed de Notícias

Espetáculo da Cia. Armazém, do Rio, também é destaque nessa noite

quarta-feira, 26 de maio de 2010 - 19:32 - Fotos: 

A 13ª edição do Festival Nacional de Arte (Fenart) traz grandes atrações para o quinto dia do evento. O Concerto da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba, dedicado ao homenageado Sivuca, leva ao palco uma constelação de músicos, entre eles, Dominguinhos, Toninho Ferragutti, Waldones e Glorinha Gadelha. Todos afinados no repertório dedicado ao mestre sanfoneiro, às 21h, no Palco principal do Espaço Cultural.

A apresentação tem o propósito de unir o popular e o erudito, realizando um concerto que mostrará a beleza universal da música nordestina e a diversidade da música popular brasileira, incorporados aos tons dos instrumentos clássicos, outros bem conhecidos dos nordestinos, como os instrumentos de corda, sopro e percussão, além das interpretações marcantes dos convidados. 

O Fenart retornou em 2010 para realizar os desejos de quem ficou saudoso de ‘Seu Severino de Oliveira’, o Sivuca. E usa dos artifícios que ele usou, para harmonizar as diversas artes e artistas, numa convivência afinada entre eles e o público, como se todos tivessem o mesmo tom. É como manda a canção que ele compôs com Chico Buarque, João e Maria, “pela ‘sua’ lei, a gente é obrigado a ser feliz”.

Glória Gadelha participa de homenagem a Sivuca no Fenart

“Intérprete autoral”: é assim que se define Glória Gadelha. A compositora e musicista paraibana nasceu na cidade de Sousa e, desde cedo começou a cantar e estudar teoria musical. Mesmo assim, Glorinha, como também é conhecida, formou-se em medicina em João Pessoa, ao mesmo tempo em que se destacava como compositora em festivais pelo Brasil.

Em 1974 ela partiu para os Estados Unidos. Lá, estudou por dois anos linguagem musical na Universidade de Columbia (Nova York), onde morava com o marido, o compositor Sivuca. Foi nesse período que ela fez sua música de maior sucesso, o forró “Feira de Mangaio”. A inspiração veio durante uma aula: “Eu corri para o McDonalds mais próximo para telefonar pra Sivuca. Muita gente pensa que ele fez a música junto comigo, mas a verdade era que quem tinha saudade das feiras era eu, porque já toquei muita sanfona na feira de Sousa”.

Logo após a homenagem junto com a Sinfônica Jovem, Glorinha irá subir ao palco 2 e fará o seu show solo onde, acompanhada por mais seis músicos, irá mostrar canções próprias – entre elas “Feira de Mangai’ e  inéditas.

Cia. Armazém no Paulo Pontes

Após as recentes e bem-sucedidas montagens de dois autores geniais do século 20, Bertolt Brecht (“Mãe Coragem e seus Filhos”) e Nelson Rodrigues (“Toda Nudez será Castigada”), a Armazém Companhia de Teatro, do Rio de Janeiro, retoma o caminho da dramaturgia própria em “Inveja dos Anjos”.

Aclamada pela crítica, “Inveja dos Anjos” conta a história de Natália, uma garotinha de nove anos, cuja mãe encontra-se internada por dependência química. E também a histórias de Luísa, uma jovem confeiteira que tenta tornar a vida mais doce, e Cecília, que tenta superar uma paixão.

Com diálogos criados pelo poeta Maurício Arruda Mendonça e pelo diretor Paulo de Moraes o espetáculo foca nas contradições, desesperos, perseveranças e humores dos personagens, tudo que faz deles humanos. O espetáculo será mostrado no palco do Paulo Pontes, às 20h, com entradas no valor de R$ 10 e R$ 5, para inteira e meia-entrada, respectivamente.

Ceará e Paraíba no cinema

A sessão de cinema do Bangüê, a partir das 20h, conta com dobradinha paraibana. Primeiro, o premiado curta “O Plano do Cachorro”, dos paraibanos Arthur Lins e Ely Marques. Na seqüência, "Estrada para Ythaca" nos mostra a história de quatro amigos que, depois de uma bebedeira, seguem errantes em busca de um lugar imaginado. O filme do coletivo cearense Alumbramento, é um road movie com a premissa clássica: o caminho trilhado é mais importante que o destino.

Grupo de dança do Espaço Cultural apresenta espetáculo inédito no Fenart

O grupo de dança contemporânea da Funesc  irá apresentar o espetáculo “Foco”, nesta quinta-feira, também às 20h30, só que no palco 2. O grupo Dança Livre é dirigido por Zett Farias e a coreografia é da bailarina Lílian Farias, que também irá se apresentar neste novo espetáculo. A coreografia “Foco”, com cerca de 30 minutos, é inédita e foi cuidadosamente trabalhada para estrear no Fenart deste ano.

“Estamos muito felizes em estrear essa nova coreografia, com conceitos notadamente contemporâneos, justamente no Fenart, um festival que mostra principalmente a arte da Paraíba, apesar de trazer artistas reconhecidos nacionalmente”, afirma Lílian. O grupo Dança Livre foi fundado em 1978.

Também no palco 2, só que meia-hora antes, às 20h, o coreógrafo e bailarino de Campina Grande, Admilson Julião, irá apresentar um solo intitulado “Fragmentos de Mim”.
 
Lançamento de livro com performance teatral

Ainda nesta quarta-feira, às 14h30, será lançado o livro infantil “Estrelinha do Mar e Estrelinha do Céu”, de Maria das Graças Ataíde Dias. O lançamento também contará com uma representação teatral em que os atores representarão personagen do livro.

“Estrelinha do Mar e Estrelinha do Céu” é o segundo livro de uma série chamada "Valores Humanos". Os textos são instrutivos, com a intenção de levar as crianças a descobrirem através dos seus imaginários, a importância da amizade, da natureza, do companheirismo, da responsabilidade social e outros valores humanos.

A autora é assistente social, com mestrado em administração de recursos humanos. Ela baseou seu livro nas experiências vividas no trato com crianças, quando pôde observar a carência das crianças com relação aos valores de cidadania.

Cultura Popular
Praça do Povo
17h – Coco de Roda – Mestre Benedito – PB

Artes Visuais
Mezanino 1
18h – Mostra de Artes Visuais
- Sala Especial José Rufino
- Coletiva“A Fotografia Contemporânea Paraibana”
Galeria Archidy Picado
“Desvios, o Fim das Coisas” – Adriana Aranha

Atividades Diversas
Praça do Povo
A partir das 19h – Feira de Artesanato
A Partir das 19h – Feira Capim Fashion

Literatura
Auditório 5 – José Siqueira
09h -  Oficina Aprendendo a escrever Cordel- Clotilde Tavares – RN
16h – Palestra A Literatura Eletrônica e a Biblioteca de Papel- Braulio Tavares-PB/RJ
18h30 – Lançamento de Livros:
- “Um Olhar na Escuridão”, de Luiz Lorhans
- “Da Resistência ao Poder : O (P)MDB na Paraíba”, de José Otávio de Arruda Melo
- “Entre-nós”, de Regina Lyra
- “Seis Breves Histórias e Escritos no Ônibus”, de Archidy Picado Filho e Jairo Cesar
Praça do povo
A partir das 16h – Feira de Livros
19h – Recital Alvorecer Nordestino- Rodrigo Mateus -PB
Mezanino 1
A partir das 16h – Exposição de xilogravura em Cordel-Marcelo Alves -PE
Submezanino 2
A partir das 16h – Exposição de Sivuca

Música Instrumental (Noite do Blues)
Cine Bangüê
18h – Guto Santana – PB
19h – Álvaro Assmar – BA

Teatro
Auditório Zé da Luz
18h – Projeto Ensaio – Confissões de uma LDA – RJ. Direção: Patrícia Carvalho
Teatro de Arena
Espetáculo “Malazarte, Cancão e Trupezupi” – Grupo Quem Tem Boca é Pra Gritar – PB. Direção: Humberto Lopes
Teatro Paulo Pontes
20h – Espetáculo “A Inveja dos Anjos” – Cia. Armazém – RJ. Direção: Paulo de Moraes

Dança
Palco 2
20h – Espetáculo “Fragmentos de mim” – PB. Direção e Coreografia Admilson Maia
20h30 – Espetáculo “Foco” – Dança Livre – PB. Direção e Coreografia Lílian Farias

Cinema
Cine Banguê
16h – Mostra competitiva de Vídeo
20h – Sessão de Cinema:
– [Curta] – “O Plano do Cachorro” de Arthur Lins e Ely Marques (10’, Fic., 2009, PB)
- [Longa] – “Estrada para Ythaca” de Guto Parente, Luiz Pretti, Pedro Diógenes e Ricardo Pretti (70’, Fic. 2010, CE)

Música
Palco 1
21h – Concerto em Homenagem a Sivuca da Orquestra Sinfônica Jovem da Paraíba com participações de Dominguinhos, Toninho Ferragutti, Waldones e Glorinha Gadelha.
Palco 2
22h – Clã Brasil, Nossa Voz, Glorinha Gadelha – PB
23h – Show com Diana Miranda – PB.
Show com Adeildo Vieira, Eleonora Falcone e Gracinha Telles – PB.

SERVIÇO
13ª FENART – FESTIVAL NACIONAL DE ARTE
Onde: Espaço Cultural (R. Abdias Gomes de Almeida, 800, Tambauzinho, João Pessoa – tel.: 83.3211.6210)
Quando: de 23 a 29 de maio, a partir das 18h.
Quanto: gratuito (exceto para cine-teatro Bangüê e teatro Paulo Pontes, cuja entrada será R$ 10 (inteira) R$ 5 (estudante)

Assessoria de Imprensa da Funesc