João Pessoa
Feed de Notícias

Espaço Cultural comemora aniversário com reforma orçada em R$ 19,2 milhões

quarta-feira, 6 de março de 2013 - 10:47 - Fotos:  Roberto Guedes/Secom-PB

Inaugurado em 13 de abril de 1982, o Espaço Cultural José Lins do Rego comemora aniversário de forma diferente em 2013. A programação deste ano inclui a primeira grande reforma do prédio, desde que foi inaugurado, há 31 anos. Com ordem de serviço assinada em 7 de janeiro e valor total de R$ 19.288.194,75, as obras tiveram início na segunda semana de fevereiro e devem se estender por, pelo menos, 360 dias.

As obras começaram pelos seis auditórios que são localizados no mezanino 1. Carpetes, portas e estruturas de revestimento já foram arrancados para receber as melhorias necessárias. O mezanino onde estão localizados os auditórios já foi interditado para garantir a segurança de funcionários e usuários do Espaço Cultural. Outro local que já está sendo desmontado é a sala de dança. Interditado desde 2011, o ambiente não oferecia condições de uso e também será renovado.

As principais salas de espetáculos, o Teatro Paulo Pontes e o Cine Banguê, também entraram nesta primeira etapa de obras. Ambos estão sendo esvaziados, começando pela retirada de todas as cadeiras, móveis e revestimentos.

Aproximadamente 50 trabalhadores estão envolvidos nessa primeira etapa da obra. De acordo com Alex Oliveira, um dos engenheiros do consórcio, a expectativa é que nos próximos meses, 150 homens estejam trabalhando para dar mais agilidade à reforma.

Durante este ano é importante que os frequentadores fiquem sempre atentos ao funcionamento do Espaço Cultural, pois poderão ocorrer alterações de acordo com as necessidades dos serviços, mas a previsão é de que o prédio não seja fechado na sua totalidade. A direção da Funesc está trabalhando para que o máximo de atividades seja mantido neste período, por isso é imprescindível também a colaboração de toda a população para o bom andamento da obra. É preciso que todas as pessoas respeitem, rigorosamente, as interdições que já foram feitas e as que estão por vir, e não ultrapassem nas áreas isoladas, para garantir a segurança de todos.

Ao longo de 31 anos de funcionamento, o local vem sendo palco de importantes capítulos da história paraibana. Pelos equipamentos culturais, cerimônias e solenidades estaduais realizadas pelos governos nessas três décadas de existência, o espaço é verdadeira referência para a cultura da Paraíba.

Funcionamento

A Biblioteca Juarez da Gama Batista continua com funcionamento normal, bem como as agências do Banco do Brasil e Santander. A Praça do Povo também está aberta à população. O funcionamento do Planetário está restrito aos sábados e domingos, sem agendamento de grupos. Uma sessão por dia, às 17h. A entrada custa R$4,00. A Estação Ciência está aberta à visitação do público, mas sem agendamento escolar.

Obras – Todo o prédio do Espaço Cultural José Lins do Rego passa por uma intervenção completa. A entrada principal será totalmente reformada atendendo às novas tendências arquitetônicas e de acessibilidade, a bilheteria e a guarita serão refeitas. Serão construídos novos boxes comerciais. O estacionamento também será recuperado, com melhorias na iluminação. A biblioteca e a Estação Ciência terão isolamento acústico e suas instalações elétricas e hidráulicas revisadas e o piso reformado.

Um templo cultural – Ao longo de 31 anos de funcionamento, o Espaço Cultural José Lins do Rego foi palco de importantes capítulos da história paraibana. Pelos equipamentos culturais, cerimônias e solenidades estaduais foram realizadas pelos governos dessas três décadas de existência, sendo um local sempre referencial da Paraíba.

Os teatros Paulo Pontes, Arena e Cine Banguê já receberam renomados artistas populares. Nomes como Maria Bethânia, Roberto Carlos, Marisa Monte ou mesmo o guitarrista e pianista americano Stanley Jordan. Por vezes, a Praça do Povo recebeu milhares de pessoas para assistir a um concerto popular da Orquestra Sinfônica da Paraíba, a exemplo de apresentações com Ney Matogrosso, Alcione, Arnaldo Antunes, Flávio José, Dominguinhos, entre outros. Mas o que melhor caracteriza o templo cultural José Lins do Rego é a sua capacidade de abrir espaços para os artistas da terra. Recentemente, em 2011 o cantor e compositor Adeildo Vieira celebrou 50 anos de vida e sua carreira recebendo companheiros que fizeram e fazem parte da sua trajetória artística em um memorável show no Teatro de Arena, assim como fez  Escurinho em 2012.

O Espaço Cultural também está na história de artistas ligados à Paraíba, como o Rei da Munganga, Genival Lacerda. Em 2011, uma parceria da Funesc com o Projeto Tamborete promoveu uma bela homenagem pelos  80 anos do “Mungangueiro”, no  evento que ficou marcado como uma verdadeira celebração da cultura, exatamente na data de seu aniversário, 5 de abril, em 2011.

Detalhes da reforma do Espaço Cultural José Lins do Rêgo

Escola de dança: Está prevista a recuperação do piso e nova pintura em toda a área. Serão trocadas as instalações hidrossanitárias, elétricas e telefônicas, assim como pontos de lógica para ligar equipamentos eletrônicos (computadores, datashow, etc); instalação de revestimento acústico e climatização do ambiente por meio de central.

Banheiros da Praça do Povo: Reforma completa dos banheiros. Está prevista a troca do piso, mictórios, vasos sanitários e pias. Está prevista também recuperação dos canos e esgotamento. Os banheiros serão reformados para acessibilidade.

Entrada: construção de uma nova recepção principal e duas auxiliares; bilheterias; letreiro; guarita de segurança no lado externo. Está prevista recuperação da calçada da entrada.

Área Interna: implantação de uma praça de alimentação, com dois banheiros; oito novos boxes, dois deles serão destinados a restaurantes; recuperação do piso do Parque do Povo; recuperação dos seis auditórios (trocar o piso, esquadrias, pontos de lógica, para computadores, datashow, etc; climatização).

Coberta: A coberta de todo o Espaço Cultural será substituída. No lugar das telhas de alumínio serão instaladas telhas de aço termoacústicas tipo sanduíche, a mesma utilizada no prédio da Feira de Exposições do Centro de Convenções. Este tipo de telha fará o isolamento do som.

Teatro Paulo Pontes: Será trocado todo o carpete do piso e paredes; a estrutura de madeira; será feito um novo revestimento; toda a área irá receber tratamento acústico; novas instalações hidrosanitárias e elétricas; climatização por central; e serão trocadas todas as 806 poltronas.

Cine Banguê: Será todo recuperado (recuperação do piso, instalações elétricas, substituição das 626 poltronas, entre outros)

Teatro de Arena: recuperação do piso; instalações elétricas e hidrossanitárias; e instalações do camarim.

Biblioteca: Receberá isolamento acústico; peças em granito; nova pintura; recuperação dos pisos e aumentará a iluminação.

Parte administrativa: Novas divisórias nas salas; troca das esquadrias (portas, janelas, etc); reforma dos banheiros e da parte elétrica do local.

Estação Ciência e Planetário: está prevista a troca das portas de madeira por portas de vidro fumê; novas divisórias; novo piso; reforma da cobertura; novas cadeiras, melhorias da iluminação e das instalações elétricas.

Estacionamento: Nova pavimentação; troca das grades; paisagismo e mais iluminação pública (12 novos postes).

Em todo o prédio: Melhoria do sistema de combate a incêndio.