João Pessoa
Feed de Notícias

Escolas da rede estadual participam de torneio de robótica em Diamante

sexta-feira, 21 de outubro de 2016 - 10:41 - Fotos:  Secom-PB

A Escola Estadual Adilina de Sousa Diniz, em parceria com a 7º Gerência Regional de Educação (GRE), realizou na quinta-feira (20) um torneio de robótica envolvendo escolas da região, na cidade de Diamante. O objetivo do torneio foi realizar uma competição que envolvesse a montagem dos kits tecnológicos de robótica educacional de forma pedagógica, fazendo uso da criatividade e aplicando a utilidade desses no cotidiano, em ciências e tecnologias úteis ao desenvolvimento humano.

Se inscreveram 16 equipes das cidades de Conceição, Santana de Mangueira, Ibiara, Itaporanga, Diamante, Nova Olinda, Aguiar, São José de Caiana, Coremas e Boa Ventura. A equipe que conquistou o primeiro lugar foi a “Robótica Fan”, da cidade de Itaporanga. A equipe “Emília TX”, da cidade de Boa Ventura, ficou em segundo lugar e a equipe “Adal Robótica”, de Itaporanga, ficou com a terceira colocação. 

O torneio foi desenvolvido em consonância com a Proposta de Intervenção Pedagógica (PIP) da escola, visando contemplar a necessidade de articular a ciência e a tecnologia, abordando elementos do cotidiano com o uso da tecnologia e da ciência nos problemas que afligem a sociedade. Por esta razão, foi escolhida a temática: “Pelos Extremos do Aedes aegypti: o Mosquito, o Vírus e o Homem sob o olhar da Ciência, da Educação e da Conscientização Social”.

Por meio da temática escolhida, o torneio abordou uma problemática que faz parte do dia a dia, o combate ao mosquito Aedes aegypti, que é responsável por transmitir a dengue, o zika vírus, e a chikungunya. Assim, o evento visou incentivar e estimular os alunos a construir robôs autônomos que simularam o combate ao mosquito. Os robôs desenvolvidos deveriam ser capazes de realizar as tarefas definidas na arena para completar os objetivos.

“Neste evento procuramos estimular o interesse de alunos e dos professores da rede estadual pelo desenvolvimento da ciência, tecnologia e inovação, estimulando a capacidade criativa dos nossos estudantes, incitando nos alunos e professores o espírito de equipe, expondo a comunidade escolar aos conceitos tecnológicos inerentes à robótica e fomentando seu crescimento dentro das instituições de Ensino Médio do estado da Paraíba”, contou o professor da escola, Carlos José Pinto.

A gerente da 7ª GRE, Maria do Carmo Bezerra, destacou o incentivo ao desenvolvimento de tecnologias robóticas aplicáveis ao cotidiano escolar, social e comunitário e a importância da realização da competição, por estimular a utilização dos kits de robótica educacional.

Premiação - Todas as equipes participantes receberam certificados de participação no evento. Os três melhores trabalhos foram premiados da seguinte forma: 1º lugar: medalhas de ouro para os três integrantes da equipe; 2º lugar: medalhas de prata e 3º lugar: medalhas de bronze.