Fale Conosco

17 de novembro de 2015

Escolas da Paraíba debatem e colaboram com a construção da Base Nacional Comum Curricular



As escolas das quatro redes de ensino do Estado e a sociedade em geral participam do processo de contribuições no sistema da Base Nacional Comum Curricular (BNCC). A Secretaria de Estado da Educação (SEE)  destaca a importância da participação de todos na construção do documento cujas inserções das propostas podem ser feitas no portal da Base: basenacionalcomum.mec.gov.br (sem o www). No endereço eletrônico, existe a forma de contribuição individual (por cidadão), por organização ou por escola.

No dia 1º de dezembro, está programado um dia de mobilização pela BNCC, no qual as escolas vão discutir o documento e farão as proposições. O texto-base tem cerca de 300 páginas e foi escrito por mais de 100 especialistas, entre eles dois paraibanos. A partir dele, serão inseridas as propostas sugeridas pelos diversos setores da sociedade.

A secretária executiva de Estado de Gestão Pedagógica, Roziane Marinho, que é a coordenadora estadual de mobilização da BNCC, ressalta a importância de toda comunidade escolar se inserir neste processo “É preciso que toda a comunidade escolar valorize esse momento de consulta pública da BNCC, porque é a oportunidade que a essa comunidade tem para debater e opinar sobre o documento proposto e poder inserir suas contribuições. O envolvimento de professores, alunos e gestores torna-se, então, fundamental neste processo, é a hora de dizermos o que pensamos sobre este documento proposto pelo MEC o que queremos como diretriz curricular para as nossas escolas”, enfatizou Roziane.

Como estratégias de mobilização foram criadas comissões regionais escolares, que participaram das discussões sobre a BNCC no período de 5 a 11 de novembro. Nesta semana haverá um ciclo de debates na internet, por meio de hangouts, com especialistas que irão orientar gestores, professores e outros profissionais das escolas paraibanas sobre o processo de consulta.

A construção da BNCC conta com a colaboração, além da Secretaria de Estado da Educação (SEE), da União de Dirigente Municipais de Educação (Undime), do Fórum Estadual de Educação, da União dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme), do Conselho Estadual de Educação (CEE), de instituições de ensino superior e da sociedade em geral.

BNCC – A Base Nacional Comum Curricular é um conjunto de conhecimentos e habilidades essenciais que cada estudante brasileiro deve aprender a cada etapa da Educação Básica, para que possa se desenvolver como pessoa e se preparar para o exercício da cidadania e para o mundo do trabalho. A BNCC entra em vigor já em 2016.