João Pessoa
Feed de Notícias

Escola Técnica de Bayeux deve ficar pronta até o final do ano

sexta-feira, 12 de abril de 2013 - 08:20 - Fotos:  Kleide Teixeira/Secom-PB

O governador Ricardo Coutinho inspecionou nesta quinta-feira (11) as obras de construção da escola técnica estadual e do binário da cidade de Bayeux, além da ponte da Batalha, em Cruz do Espírito Santo. Os trabalhos na escola seguem no ritmo do cronograma estabelecido e têm previsão de conclusão para o mês de novembro deste ano. A unidade atenderá 1.200 alunos com a oferta de vários cursos profissionalizantes.

Durante a visita, Ricardo Coutinho afirmou que atualmente trabalham na obra da escola técnica 100 operários e que os investimentos são da ordem de R$ 8 milhões. “Até o mês de dezembro, a gente espera começar os preparativos para formação de mão de obra qualificada para abastecer a retomada da industrialização do Estado da Paraíba”, declarou o governador.

Ele lembrou que o Estado também constrói escola técnica em João Pessoa, Mamanguape, Cuité, Cajazeiras e São Bento. O projeto completo inclui a construção de 15 escolas técnicas estaduais. As unidades são construídas com recursos do Governo Federal, por meio do Ministério da Educação e Cultura (MEC), e do Tesouro estadual, e seguem o padrão do MEC/FNDE, com capacidade para 1.200 alunos cada.

As escolas terão edificações de primeiro andar, 11 salas de aula, auditório com capacidade para 145 pessoas, biblioteca, sala multimídia para professores, laboratório de línguas, informática, física, química, biologia e matemática, refeitório, cantina, cozinha industrial completa, sala para o grêmio estudantil, oficina de manutenção, anfiteatro, ginásio poliesportivo completo, laboratórios especiais que vão depender da oferta dos cursos e centro de vivências, onde os alunos poderão se socializar e lanchar nos intervalos das aulas.

Binário – Antes de inspecionar a construção da escola técnica, o governador Ricardo Coutinho visitou a fase final das obras de implantação do binário de Bayeux. Ele destacou que essa obra viária tem importância estratégica: “O binário de  Bayeux serve também a João Pessoa, a Santa Rita, a Sapé e era uma obra que deveria ter sido feita há 50 anos”. O governador garantiu que Bayeux e João Pessoa vão ganhar uma via expressa com segurança e que ao mesmo tempo agilizará o tráfego. Os investimentos somam R$ 10,2 milhões oriundos do Tesouro do Estado, incluindo obras e desapropriações.

Reconhecimento – O prefeito de Bayeux, Expedito Pereira, avaliou que a população da cidade está ganhando mais qualidade de vida. “Essas duas grandes obras mudam a história da cidade. A escola técnica, por exemplo, será um marco na oferta de cursos profissionalizantes para nossa juventude”, comemorou.

Everaldo Manoel Lima é proprietário de uma oficina de bicicletas na avenida Joaquim Fernandes, uma das contempladas com o binário de Bayeux. Ele afirmou que a obra era muito necessária para melhorar o tráfego na avenida Liberdade. “Vai melhor o fluxo de carros por aqui e para o meu negócio que já começou a aumentar a clientela; e essa rua vai ficar praticamente comercial porque vai ser uma avenida principal”, ressaltou.

Bayeux e Santa Rita são os municípios diretamente beneficiados, contemplando uma população de 250 mil habitantes. O tráfego médio diário na Avenida Liberdade é de 15 mil veículos.

O binário tem extensão de 7,5 km (percurso total ida e retorno), com largura média de 7 metros de pista mais calçadas laterais com largura variável. O trajeto no sentido João Pessoa/Santa Rita segue pela Avenida Liberdade. No sentido Santa Rita/João Pessoa, o tráfego de veículos ficará pela Avenida Liberdade, ruas Luiza Lila de Lima, Joaquim Fernandes, Pinheiro Machado, Elvira Marsicano e Santa Rita.

Ponte da Batalha – Após a visita a Bayeux, Ricardo inspecionou os serviços na Ponte da Batalha, em Cruz do Espírito Santo, uma obra que está em fase de conclusão e onde estão sendo aplicados R$ 2,8 milhões na sua recuperação. “A recuperação da ponte da Batalha é outra obra importantíssima que também faz parte desse grande corredor entre Bayeux e Sapé, reabilitando todo esse complexo viário”, avaliou Ricardo Coutinho.

Localizada na PB-004, entre Santa Rita e Cruz do Espírito, a ponte foi ampliada de 90 para 160 metros de comprimento, o que vai eliminar o rompimento dos aterros de encontro da ponte nos períodos de chuvas, evitar interrupções do tráfego da rodovia, reduzir os índices de acidentes rodoviários e oferecer maior segurança à população usuária.

Além dos milhares de veículos que trafegam, diariamente, entre a Capital e o Brejo paraibano, a PB-004 e, consequentemente, a Ponte da Batalha, beneficia diretamente os municípios de Santa Rita, Cruz do Espírito Santo e Sapé, contemplando uma população de 186.741 habitantes.