João Pessoa
Feed de Notícias

Escola Olivina Olívia desenvolve projeto “Na Escola com Respeito”

terça-feira, 6 de agosto de 2013 - 16:21 - Fotos:  Diego Nóbrega

Repensar o regimento escolar e reorganizar os grêmios estudantis são as propostas do projeto “Na Escola com Respeito”, desenvolvido pela Escola Estadual Olivina Olívia, com o apoio do Ministério Público Estadual. O projeto foi apresentado nesta terça-feira (6), na capela dos Centros Universitários de Educação – Unipê e contou com a presença de alunos representando as 20 turmas de ensino médio do Olivina Olívia. Na ocasião, a secretária de Estado da Educação, Márcia Lucena, proferiu palestra sobre o tema: Opine e Expresse.

Márcia Lucena fez uma reflexão sobre a postura dos jovens atualmente, sobretudo os que assumem posições de liderança, para que tenham consciência, responsabilidade e predisposição para guiar seus companheiros. Ela comentou sobre os vários tipos de juventudes, desde a década de 1950 ao ano 2000, descritas como: juventude transviada, juventude rebelde, juventude paz e amor, juventude alienada, os caras pintadas e os manos/tribos.

A secretária da Educação citou alguns programas que estão sendo desenvolvidos pelo Governo do Estado em benefício da juventude, tais como: Se Sabe de Repente, Orçamento Democrático Escolar, PBVest, Projovem, Olhos Coloridos, Maria Maria, Jovem Educado Transita Bem e os recursos tecnológicos que estão sendo oferecidos para essa faixa etária nas escolas da rede estadual.

De acordo com a 2ª promotora de Defesa do Direito da Educação em João Pessoa, Ana Raquel Brito Lira, o projeto foi pensado com o objetivo de trazer para as escolas públicas uma contribuição do Ministério Público, no sentido de obter junto à comunidade escolar uma cultura de paz. “Isso poderá ocorrer através da justiça restaurativa, que tem um outro olhar sobre a solução e resolução dos conflitos, não como punição mas como mediação em que todos têm oportunidade de serem ouvidos, sejam alunos, funcionários, professores e pais de alunos e a resolução seja consensuada por meio do diálogo”, ressaltou.

Segundo Ana Raquel, o projeto, que já vem sendo implantado em outros estados da Federação pelo Ministério Público, tem por finalidade sugerir como componente de uma política pública da Secretaria de Estado da Educação. “O projeto está sendo iniciado pela Escola Olivina Olívia e a partir dos resultados a proposta é expandir para outras unidades de ensino paulatinamente. O próximo passo será reunir com os pais dos alunos e elaborarmos um documento que será apresentado à Secretaria da Educação e ao Conselho Estadual de Educação”, adiantou.

O aluno da 3ª série do ensino médio Mateus Barbosa disse que o projeto é muito importante para a conscientização dos alunos, para fazer com que eles amadureçam, abram a mente para novas ideias e apresentem resoluções para os desafios da escola.

Ismael Melo Torres, da 2ª série do ensino médio, disse que “momentos como esses deveriam acontecer anualmente, para falarmos dos problemas da escola e buscar soluções”.